Segundo o investidor Ron Conway da SV Angel, empreendedores mais jovens tem maiores chances de sucesso. Para chegar a esta conclusão, ele juntou as respostas de 300 fundadores de startups. A pesquisa é muito subjetiva, mas indicou que jovens co-fundadores iniciando sua segunda empresa, produzem melhores resultados do que um único fundador em sua primeira empresa. Para mim parece óbvio. Se o empreendedor aprendeu com seu primeiro negócio, não vai cometer os mesmos erros da empresa anterior.

Mas afinal, porque os mais jovens tem uma tendência maior a ter sucesso? Ron Conway acha que os empreendedores mais velhos são mais cautelosos e tendem a sair do negócio mais cedo, por segurança. Em contrapartida, os mais jovens querem ver sua empresa crescer e ganhar valor. Novamente isso parece óbvio. De qualquer modo, é uma pesquisa interessante e pode apontar uma futura tendência. O que você acha? Deixe sua opinião abaixo.

 

  • Tenho 26 anos e estou no meu segundo negócio. Com certeza atualmente estou conseguindo chegar aos meus objetivos, degrau por degrau. Acredito que como jovem empreendedor agente tem mais coragem de apostar e enfrentar os riscos. Certamente coloco tudo na balança antes de tomar alguma decisão, para não cometer os mesmos erros do primeiro negócio. Atualmente meus sócios tem um perfil mais alinhado com o meu, o que torna o nosso projeto mais forte e conciso.

    Grande abraço

  • Joao Reginatto

    Humm, mito. Pesquisas cientificas (e nao de opiniao, como a acima) normalmente indicam o contrario. A experiencia dos empreendedores aumenta enormemente a chance de sucesso de uma startup. http://techcrunch.com/2009/09/07/when-it-comes-to-founding-successful-startups-old-guys-rule/

    • Sim João, concordo com você, mas na prática, na grande maioria das contratações no Brasil, optam sempre pelos mais jovens, ou por “economia de custos” ou por simples preconceito. Acho que o Brasil ainda precisa aprender muito sobre isso. No caso do empreendedorismo, começar mais cedo, é quase sempre uma grande vantagem, pois você pode ser dar mais ao luxo de errar. De qualquer modo, cada caso é um caso e temos todos os tipos de exemplos.