Todos nós já ouvimos falar em pensamentos positivos e negativos, certo? Sabemos também, que os pensamentos negativos fazem mal para a saúde, ocasionando muitas vezes em problemas físicos e bem reais. Alguns sentem dor de cabeça, dores na coluna e no pescoço, outros desenvolvem tiques nervosos, úlceras ou mesmo depressão. Só que poucos de nós sabem como mudar esses pensamentos tão ruins em algo mais positivo.

Depois de ler algumas dezenas de livros sobre motivação pessoal, neurolinguística e alguns clássicos como Napoleon Hill, quando nem existia esse negócio de “auto-ajuda”, compreendi que alterar esse estado de humor, tão negativo e “pra baixo” – como costumamos dizer – é possível. Sei que alterar um estado de ânimo depressivo é difícil, mas com um pouco de esforço podemos mudá-lo. Requer alguma prática, mas não muita habilidade. O segredo está em não resistir a esses pensamentos, pois eles se tornarão mais fortes e intensos, afinal, estaremos pensando neles. Ao invés disso, tente aceitá-los. Você vai gastar menos energia não se opondo a eles e logo vai perceber que eles não são nada mais que pensamentos. O temor pelo futuro ou uma mágoa que carregamos por alguma coisa que já aconteceu são praticamente inevitáveis e fazem parte da vida. O que vai mudar tudo é simplesmente a nossa postura diante deles.

Navegando na web encontrei esse infográfico que resume de uma forma muito legal, o processo de conversão de pensamentos ruins em pensamentos bons. É da mesma criadora do infográfico “8 Dicas para se Sentir Mais Acordado Sem Café“, Yumi Sakugawa. Leia com calma e sem preconceitos. Pode ser uma ótima maneira de começar o dia. Tenha uma ótima semana ;-)

 

 

GestãoClick Gestão Empresarial