Ben Elowitz, co-fundador da Wetpaint e da Blue Nile, disse essa semana que o Facebook pode tirar o Google dos negócios de busca. À primeira vista, essa afirmação pode parecer um daqueles comentários na mesa de um bar, depois que bebemos umas boas cervejas. Como tirar o Google das buscas? Ele é imbatível nisso! Só que Elowitz faz uma interessante observação.

O Google tem sido imbatível porque seu algoritmo de busca traz resultados mais precisos, só que para usuários anônimos. No caso do Facebook – que já conhece os padrões comportamentais de mais de 600 milhões de pessoas – se desenvolvesse uma ferramenta de busca, seus resultados poderiam ser direcionados especificamente sobre os perfis de cada pessoa, como já acontece com os anúncios publicitários dentro da comunidade.

Elowitz ainda explica no site TechCrunch:

“O Banco de dados do Facebook, permite com que ele faça muito mais do que simplesmente adivinhar o que seus clientes querem. Essas informações podem ajudar a conhecer com muito mais precisão, em que seus usuários estão realmente interessados e esta diferença fundamental poderia dar ao Facebook uma tremenda vantagem competitiva nas pesquisas, se ele eventualmente quiser direcionar seus esforços nesse sentido.

Se o negócio do Google foi construído com base em quais páginas, de todo aquele universo desconhecido na web, são mais interessantes para um usuário anônimo, imagine o que o Facebook faria conhecendo o que seus usuários gostam, fazem e até pensam? E existe uma coisa ainda mais poderosa. O Facebook conhece cada um dos nossos padrões de comportamento, tanto individuais como coletivos, o suficiente para prever o que vamos gostar ou fazer, mesmo sem manifestarmos nossa intenção.”

É claro que o Google tem muitos outros produtos e serviços além de sua ferramenta de busca, mesmo assim, essa é uma questão que deve estar tirando o sono de seus fundadores. Afinal, foi com pesquisas que a maior empresa de Internet do mundo construiu sua reputação. Perder anunciantes seria realmente tomar uma grande facada. O que vocês acham? Elowitz estaria certo em suas observações ou ele teria tomado umas cervejas a mais? Deixe sua opinião nos comentários!

Via: Business Insider

SmartBusinessPlan

  • Concordo, e é algo que eu estava pensando a uns tempos atrás.
    Sou usuário registrado do google a anos, uso muitos serviços, digamos que eles me “conheçam” bem, Agora, e o resto que não possui uma conta lá?
    É estranho pensar em algo que possa derrubar o google, mas o facebook tem essa vantagem de possuir os dados dos usuários, seu dia-a-dia, amigos preferências…
    Mark deve estar de olho nisso a muito tempo…

  • Verdade Felipe, também sou registrado, mas acredito que tudo o que tem de nós, são nossos movimentos na Internet e não dados realmente pessoais e nossas amizades. Nesse ponto o Facebook é imbatível. Ainda tem o Orkut, que é do Google, mas infelizmente é uma rede que passou a ter muita “sujeira” e perfis falsos etc. Enfim, só o tempo dirá ;-)