Que empreendedor já não saiu na rua, batendo à porta dos bancos, para encontrar aqueles que oferecessem empréstimos com juros baixos e voltou para casa frustrado?

Se você tem um pequeno ou médio negócio de varejo ou serviços e já tentou fazer empréstimos para capital de giro ou para expandir sua empresa, com certeza já se deparou com as taxas de juros dos bancos tradicionais, na grande maioria das vezes proibitivas.

Neste artigo, quero mostrar a você, que os bancos e financeiras não são a sua única opção para capitalizar sua empresa. Atualmente já encontramos no mercado, uma série de alternativas viáveis, a juros muito mais baixos. Se você pensou no BNDES, está na hora de rever seus conceitos.

As Fintechs como Alternativa de Empréstimos Com Juros Baixos

Fintechs são empresas que desenvolvem tecnologias para tornar o sistema bancário mais justo e igualitário.

No mundo todo essas Startups estão revolucionando o sistema bancário com suas soluções de bancos online, gestão financeira, investimentos ou renegociação de dívidas, principalmente oferecendo empréstimos com juros mais baixos que o praticado no mercado.

O com o setor fiduciário não poderia ser diferente. Veja na imagem abaixo, o Radar Fintechlab de fevereiro de 2017.

Radar Fintechlab 2017
Clique na imagem para ampliar.

O mercado de fintechs nacional não para de crescer. Já são mais de 240 iniciativas que estão facilitando a vida das pessoas e empresas, criando condições para que todo o ecossistema evolua em mais possibilidades.

3 Opções de Empréstimos Com Juros Baixos

1. Crédito com Garantia

Se você possui um carro ou um imóvel para dar como garantia, essa pode ser uma boa escolha para você. No modelo de empréstimo com garantia, a instituição financeira empresta dinheiro para a empresa solicitante mediante a apresentação de garantia.

Dessa forma a instituição financeira consegue oferecer empréstimos com juros baixos. Mas é importante ter cuidado: em caso de inadimplência o imóvel ou automóvel poderão ser perdidos.

2. Equity Crowdfunding (Injeção de Capital)

A injeção de capital é uma boa alternativa se você possui uma Startup em estado inicial de desenvolvimento. Nesse modelo a empresa recebe investimento de pessoas físicas.

O investidor recebe título de dívida que pode, em alguns anos, ser convertido em ações da empresa.

3. Empréstimo Coletivo (Peer-to-Peer Lending)

O nome pode parecer intimidador, mas o empréstimo peer-to-peer (P2P) foi criado para simplificar a obtenção de crédito. E é bom lembrar: empréstimos com juros baixos!

Nessa modalidade de empréstimo criada na Inglaterra em 2005 por Giles Andrews, com a Zopa, as empresas são financiadas por pessoas físicas interessadas em alternativas de investimento mais lucrativas.

Diferentemente do equity crowdfunding, no empréstimo coletivo, o empresário mantém suas ações, ou seja, a sua empresa não vira uma S.A. listada na bolsa.

O Que Uma Empresa de Empréstimo Coletivo Faz

O que a empresa de empréstimo Peer-to-Peer faz é a ligação entre investidores e empresas.

Por não usar grandes bancos como intermediários, o Peer-to-Peer Lending consegue taxas de empréstimo bem mais baixas do que as praticadas pelo sistema bancário tradicional.

Como Conseguir Empréstimos Com Juros Baixos No Brasil

No Brasil, a Nexoos realiza empréstimos coletivos (Peer-to-Peer Lending) nessa modalidade para pequenas e médias empresas (exceto MEIs). A plataforma oferece taxas de 1,4% a 2,6%, umas das mais baixas do mercado. Ou seja, você poderá fazer empréstimos com juros baixos, capitalizando sua empresa sem comprometer seu fluxo de caixa a longo prazo.

Se você estiver curioso, pode fazer uma simulação de empréstimo sem compromisso na página de simulação da Nexoos.

CredMiner

Conclusão

Como você pôde ver, as Fintechs não param de crescer no Brasil e no mundo, oferecendo soluções tecnológicas para pessoas físicas e jurídicas.

Em breve, tudo o que estiver relacionado a gestão de sua empresa, você fará online, a um baixíssimo custo e com muito mais eficiência. De gestão de pagamentos a empréstimos com juros baixos, sua empresa ainda vai recorrer aos serviços de uma Fintech.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here