A Redação sempre foi um dos maiores pesadelos dos estudantes do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM), vestibulares e concursos pelo Brasil afora.

Dados do Inep indicam que em 2017 cerca de 309 mil estudantes zeraram a redação no ENEM, historicamente o índice se mantém próximo a 10% dos inscritos. Em contrapartida apenas 53 alunos tiraram nota 1000 de um total de 4,7 milhões de alunos que fizeram a prova. É importante ressaltar que a nota da redação do ENEM vale 20% do total da prova. Nos vestibulares e concursos que temos no Brasil, os problemas de escrita são os mesmos.

Em tempos de smartphones e internet de alta velocidade, auxiliar estudante a aprimorar sua escrita não pode ficar a margem das evoluções tecnológicas, nesta concepção nasce, em 2015, o Redação Online uma plataforma de correção de redações com o objetivo de ajudar a aprimorar a escrita do estudante brasileiro e prepará-lo para o ENEM e principais exames vestibulares do Brasil, a partir da necessidade identificada pelo CEO e Fundador – Otavio Pinheiro.

A aceitação de correções de redação online pelos estudantes parece ter evoluído tão rápido quanto a tecnologia: a startup caminha a passos largos, com mais de 32 mil alunos e mais de 200 mil redações corrigidas.

O Redação Online está entre as 10 startups selecionadas para integrar a primeira turma da Aceleradora Estação Hack. A iniciativa do Facebook em parceria com a Artemisia – organização sem fins lucrativos pioneira no apoio a negócios de impacto social no Brasil – tem como objetivo potencializar startups inovadoras que usem tecnologia para gerar grandes transformações sociais em um processo intensivo de aceleração ao longo de 6 meses. Foram mais de 760 startups analisadas para o programa, que ocorrerá dentro da Estação Hack – o primeiro centro de inovação do Facebook no mundo.

A plataforma

A plataforma de correção do Redação Online funciona como um ponto de encontro de alunos que querem aprimorar sua reescrita com corretores de redação especializados em todo o Brasil. O estudante envia sua redação, escolhendo entre um dos 300 temas disponíveis, e o corretor corrige em até 72 horas, atribui nota, comenta e dá dicas dos aspectos em que o aluno pode melhorar. O envio pode ser feito por smartphone, computador ou tablet e o usuário pode tirar uma foto de sua redação e fazer o upload ou digitar sua redação diretamente no site, por preços a partir de R$ 3,12 por correção.

Dentro do ambiente do Redação Online, o aluno também tem acesso a videoaulas e dicas específicas para melhorar a escrita, além de chat com os corretores para tirar dúvidas a respeito da correção. A equipe de corretores conta com diversos professores formados em Letras por universidades federais em diversos estados do país, com competências e especialidades variadas.

Os alunos

Os 32 mil alunos do Redação Online estão em todos os estados do Brasil, com a maior concentração no Estado de São Paulo (22%), com faixa etária entre 16 e 24 anos e cerca de 70% são do sexo feminino.

Natália, 22 anos, é estudante e pretende cursar Direito. Ela está estudando com o Redação há 2 meses e compartilha sua experiência: “Eu melhorei muito minha escrita desde que comecei. Estou estudando para o ENEM e antes eu não tirava mais de 600 nas redações, agora é só 850 para cima! Os corretores ajudam muito com as dúvidas, é a mesma coisa que ter um professor particular de redação do seu lado.”, afirma.

Os estudantes comentam tanto pelo site quanto pelas redes sociais como o Redação os ajudou a atingir seus objetivos de ingressar em um curso de graduação. Vale lembrar que 35% dos alunos que acessam a plataforma são oriundos de escolas públicas.

Otávio diz que seus planos para o Redação Online estão apenas começando, segundo ele, quer dobrar o número de alunos atendidos, e promete que vem muito mais por aí: “Queremos revolucionar a maneira de aprender redação no Brasil e nossa meta é atender pelo menos o dobro de estudantes em 2018. Além disso, estamos trabalhando em conjunto com o Facebook para que mais pessoas possam utilizar nossa plataforma e estamos investindo em Inteligência Artificial em conjunto com a Intel, então esperamos grandes realizações para este ano. Queremos ter uma solução definitiva para a pergunta que nossos alunos mais fazem: ‘como fazer uma boa redação’.”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here