Há pouco mais de um século, as mulheres não podiam votar, trabalhar e se matricular em universidades. Deixando para trás o estereótipo do sexo frágil, se opuseram às restrições impostas, quebrando paradigmas e influenciando a mudança do pensamento das pessoas de seu tempo e também das que viriam depois.

Protagonistas de suas próprias histórias, não só conquistaram o mercado de trabalho, mas alcançaram posições de prestígio no mundo corporativo. Porém, mesmo com avanços nas leis trabalhistas, as mulheres ainda são minoria no comando de empresas. Pesquisa divulgada na última quarta-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) afirma que somente 37,8% dos cargos gerenciais são ocupados por elas.

Apesar de atuar no setor de combustíveis, visto como predominantemente masculino, o Grupo Dislub Equador tem tido cada vez mais mulheres ocupando postos de trabalho, seja áreas operacionais ou de gestão. O grupo, presente em mais de 150 cidades nas regiões Norte e Nordeste, possui 15% das mulheres preenchendo cargos de liderança, entre elas, a própria diretora, Claudia Carrilho. A empresária destaca que o percentual de mulheres está em curva ascendente, reflexo da filosofia da empresa, baseada nos pilares da igualdade, imparcialidade e respeito. “Nós, mulheres, estamos nos capacitando mais para lutarmos por um maior espaço”, aponta.

No Grupo Dislub Equador, homens e mulheres possuem o mesmo tratamento, tanto no recrutamento como na ascensão hierárquica. “Entendemos que as mulheres são capazes de desempenhar todas as funções em par de igualdade com os homens”, explica Claudia, à frente da empresa desde sua fundação, em 1997. Reforçando que atribui a essa postura o fato de há sete anos serem avaliados pelo instituto Great Place To Work, se mantendo no ranking das melhores empresas para se trabalhar.

Com 20 anos de mercado, o Grupo Dislub Equador se consolida como líder do setor de combustíveis líquidos, sólidos e gasosos no Norte e Nordeste. Só no ano passado, o grupo teve crescimento de 20% nas vendas em relação a 2016 e está otimista em relação a 2018. A previsão é fechar este ano com 15% a mais de vendas e manter o foco de negócios nas regiões onde atua.

Website: http://www.dislubequador.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here