Incentivar e investir milhares de Reais em empreendedorismo (startups) no Brasil é um movimento crescente que surpreende. Há iniciativas regionais e nacionais por parte de entidades, empresas, governo e investidores com grande interesse em conhecer projetos e incentivá-los.

Desde companhias globais como Facebook e Google, bancos como Itaú e Bradesco, até instituições renomadas, como a Fundação Lemann e a Universidade Católica de Brasília (da rede internacional católica de ensino), empresas líderes em Turismo, como a Bancorbrás e companhias de telefonia, como a Oi, e além do governo brasileiro anunciam novidades nessa área.

A seguir uma breve lista de projetos voltados ao empreendedorismo – alguns com inscrições se encerrando agora em setembro e outubro.

DF/BRASIL

Programa Startup Católica – http://www.ucb.br
Válido para interessados de todo o País. Será necessário comparecimento pessoal aos eventos.

Este Programa irá incentivar a criação e o desenvolvimento de oito projetos inovadores que apresentem soluções tecnológicas para a área de atuação escolhida. As inovações selecionadas participarão de uma imersão com várias etapas de preparação, abordando temas como Design Thinking, plano de marketing e desenvolvimento de modelos de negócio. Os projetos serão impulsionados para que possam ter as características necessárias para atrair o interesse de investidores.

A mentoria contará com um ambiente especial. A imersão irá ocorrer na própria universidade em salas inovativas, preparadas especialmente para o desenvolvimento de ideias em um ambiente empreendedor.

As inscrições dos projetos vão até o dia 10 de setembro de 2017. Mais informações: 61 3356-9469. O edital com as informações para inscrição pode ser acessado neste link http://bit.ly/2wVAogO.

BRASIL

Programa Nacional Conexão Startup Indústria – http://www.startupbrasil.org.br/
Recursos de R$ 9,7 milhões para acelerar 50 projetos em 2017 e 2018.
Cada empresa nascente de base tecnológica vai receber até R$ 200 mil. Os recursos são do orçamento do MCTIC.

O programa, gerido pela Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), tem o objetivo de promover o ambiente de negócios entre startups e indústrias, atuando com foco em ações de integração digital das diferentes etapas da cadeia de valor dos produtos industriais no País.

O Programa Nacional Conexão Startup Indústria, apresentado em setembro de 2016, recebeu investimento de R$ 10 milhões no ano passado.

Este ano foram disponibilizadas 300 vagas para capacitação, mentoria e conexão com possíveis investidores. No InovAtiva, o foco é ajudar empreendedores iniciais em seus primeiros passos no mercado.

Serão selecionados até 50 projetos de empresas nascentes de base tecnológica. Desde 2012, iniciativa do governo federal já apoiou 183 startups com R$ 34,7 milhões em investimentos.

BRASIL

Desafio STARTED – http://www.fundacaolemann.org.br/start-ed/
O Desafio Start-Ed: Tecnologias para Transformar a Aprendizagem é um programa realizado pela Fundação Lemann e a Universidade Columbia em parceria com a Artemisia.
Inscrições até 10/09.
Prêmio final: as melhores soluções desenvolvidas no programa receberão até US$25.000.

O programa irá identificar, selecionar e apoiar 12 empreendedores em educação que formarão times com estudantes da Universidade Columbia. Eles serão preparados para desenvolver projetos que solucionem desafios relacionados a um de três temas relevantes para a implementação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC): defasagem, educação inclusiva e participação ativa de pais e responsáveis no processo de aprendizagem dos alunos.

Para saber mais, leia o regulamento completo: http://www.fundacaolemann.org.br/wp-content/uploads/2017/08/Desafio-Start-Ed_Regulamento-.pdf

RIO DE JANEIRO

OITO – http://www.oito.net.br

OITO é o ambiente de inspiração, criatividade e tecnologia, que junta startups, empresas parceiras, especialistas e o meio acadêmico no mesmo espaço. Iniciativa da companhia de telefonia Oi.
Estabelece até R$ 150 mil em investimento.
Inscrições até 15 de outubro.

Áreas de interesse

SMART CITIES – Soluções que busquem racionalizar e aumentar o conforto e a eficiência do dia-a-dia nos grandes centros urbanos.
INTERNET DAS COISAS – Startups que se aproveitem da evolução da tecnologia de hardware para criar soluções inovadoras.
SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO – Produtos & serviços que explorem oportunidades de ensino a partir de novas plataformas tecnológicas.
SERVIÇOS DE SAÚDE – Produtos & serviços (software e/ou hardware) que busquem aumentar a qualidade de vida das pessoas.
DIGITAL ADVERTISING – Soluções que se proponham a explorar oportunidades de venda de mídia publicitária criadas pela crescente utilização de smartphones pela população.
SOLUÇÕES DE PRODUTIVIDADE – Ferramentas que explorem oportunidades de redução de custos em grandes corporações a partir da utilização da tecnologia.

SÃO PAULO

Google Campus São Paulo – https://www.campus.co/sao-paulo/pt
Com seis andares, o prédio localizado no bairro do Paraíso, zona sul de São Paulo, é um espaço totalmente voltado para o incentivo ao empreendedorismo em São Paulo, com uso gratuito para quem quiser se conectar ou começar um novo negócio. Além do prédio, a empresa também anunciou um novo programa de mentoria para startups, um novo programa de mentoria para startups, com duração de seis meses com duração de seis meses.

Os usuários têm espaços de coworking, redes de Wi-Fi gratuita e podem organizar eventos em um dos auditórios do espaço, com capacidade para mais de 100 pessoas.

SÃO PAULO (para breve)

O Facebook anunciou a criação do Hack São Paulo para empreendedorismo e formação de jovens profissionais. Objetivo é incubar 10 startups por semestre. Inauguração prevista para este ano.

O Bradesco irá inaugurar espaço próprio para apoiar o empreendedorismo em São Paulo.

GestãoClick Gestão Empresarial


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here