Duas startups do Cietec, entidade Gestora da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo USP/IPEN, foram selecionadas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para a Chamada Pública CNPq/MCTIC/SETEC Nº 31/2017, de Apoio à Inserção de Pesquisadores em Empresas Incubadas. Das 27 aprovadas no Brasil, a Pluricell, com um projeto na área de Biotecnologia, e a Pullup, da área de Tecnologia da Informação, podem receber até R$ 60.000,00, por projeto.

As incubadas receberão o apoio durante 15 meses, na modalidade de DTI (Desenvolvimento Tecnológico Industrial).

“O Cietec apoia empresas que causem algum tipo de impacto positivo na sociedade e a Pluricell e a Pullup que são grandes exemplos de projetos excepcionais que prezam pelo cuidado com a vida humana”, comenta Sergio Risola, diretor-executivo do Cietec.

As selecionadas

A Pluricell Biotech é uma empresa que gera células humanas especializadas a partir de células-tronco pluripotentes induzidas, um grande diferencial para o tratamento de enfermidades como o câncer, infarto do miocárdio e muitas outras. A técnica consiste na troca de células doentes por células saudáveis, ou seja, na reprogramação das células, inclusive in-vitro. A startup é a primeira desenvolvedora de células iPS do Brasil e já possui em seu portfólio células do coração e está desenvolvendo células da pele e do fígado.

Já a Pullup é uma empresa de engenharia que promove soluções tecnológicas inovadores nas áreas de desenvolvimento de projetos de eletrônica e manufatura integrada de placas em pequena e média escala. Um exemplo disso é o projeto em parceria com a Epistec, outra startup do Cietec, em que desenvolve um aparelho de eletroencefalograma com um dispositivo capaz de detectar se o paciente terá um ataque epiléptico com 30 minutos de antecedência. O dispositivo, conectado ao celular do paciente por bluetooth, o avisa e envia um aviso para o seu contato de emergência.

Sobre o programa

Promovido pelo CNPq em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (Setec) e ainda com o apoio do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), seu objeto visa apoiar projetos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) que contribuam para o desenvolvimento científico e tecnológico e a inovação no Brasil, nas áreas de inovação e empreendedorismo, por meio da inserção de pesquisadores vinculadas às incubadoras de empresas em operação no País, certificadas ou que estejam em processo de obtenção da Certificação Cerne (Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos). No edital somente poderiam participar empresas que estivessem em incubadoras certificadas ou em processo de obtenção da Certificação Cerne, e somente duas propostas por incubadora sediadas nas regiões Sul e Sudeste.

Sobre o Cietec

O Cietec, Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia, inaugurado em abril de 1998, tem como missão incentivar o empreendedorismo e a inovação tecnológica, apoiando a criação, fortalecimento e a consolidação de empresas e empreendimentos inovadores de base tecnológica. Em sua unidade de negócio são conduzidos processos de incubação de empresas inovadoras, em diferentes níveis de maturidade.

Nesses processos o Cietec oferece serviços de apoio para demandas nas áreas de gestão tecnológica, empresarial e mercadológica, além de infraestrutura física para a instalação e operação dessas empresas. O Cietec possibilita a ampliação do índice de sobrevivência e competitividade das micro e pequenas empresas, oferecendo a excelência de sua infraestrutura, a capacitação do seu recurso humano e a comercialização e busca por investimento, como o investimento-anjo, capital semente e venture capital (capital de risco).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here