Nos dias 21 e 22 de outubro Brasília será sede de uma Conferência sobre Bitcoin e criptomoedas. É a BitConf, que ocorre pela quinta vez, desta vez na capital federal. Outras edições já foram realizadas em Florianópolis (duas vezes), São Paulo e Belo Horizonte.

A ideia de realizar estas conferências surgiu dentro de um grupo no Facebook que se dedica ao assunto, que reúne quase 65 mil integrantes. Com o crescimento deste grupo, o crescente aumento da popularidade do Bitcoin, surgido especialmente pelo alto valor que a moeda digital vem alcançando (atualmente, cada unidade vale cerca de R$ 17.000,00) e depois de quatro edições bem sucedidas, a BitConf atraiu a atenção de empresas desta nova economia, não apenas do Brasil, mas inclusive de outros países.

Por isso, essa V BitConf está sendo realizada pela administração do grupo Bitcoin Brasil e também pela CoinPayments.net, cujo CEO, Alex Alexandrov, virá do Canadá para participar. Além de Alex, também estarão no Brasil Sebastián Serrano, CEO da Ripio, empresa sediada em San Francisco, e Jon “Maddog” Hall, Diretor Executivo da Linux International.

A conferência discute não apenas o Bitcoin, mas também outras criptomoedas, como a Decred, abordando aspectos econômicos, sociais, políticos e tecnológicos das moedas digitais.

O Bitcoin foi anunciado pela primeira vez em 2008 em uma lista de discussões sobre criptografia, por um programador ou um grupo de programadores, sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. O bitcoin permite a transação financeira sem intermediários, mas verificadas por todos os nós da rede Bitcoin peer-to-peer, que são gravadas em um banco de dados distribuídos, chamado de Blockchain.

A tecnologia Blockchain (“Cadeia de Blocos” em inglês) é um tipo de banco de dados distribuídos, que tem a função de livro-razão de contabilidade pública (saldos e transações de contas), onde são registradas as transações bitcoin. Esta tecnologia permite que esses dados sejam transmitidos entre todos os participantes da rede (nós P2P) de maneira descentralizada e transparente. Dessa maneira, não é necessária a confiança em um terceiro ou entidade central para que os dados de contabilidade estejam corretos e não sejam fraudados.

Além dos três palestrantes internacionais, também participarão da conferência Edilson Osório, da start-up OriginalMy; Carl Amorim, do Blockchain Research Institute; Maria Tereza Aarão, Diretora de Inovação Digital da Certisign; João Ferreira, da criptomoeda Decred; Luiz Felipe Martins, criador do primeiro ATM Bitcoin brasileiro; Paulo Aragão, da Singular DTV, Wladimir Crippa, administrador do grupo Bitcoin Brasil, entre outros.

Durante a BitConf, os participantes poderão comprar e vender Bitcoin, utilizando inclusive um ATM (caixa eletrônico) construído especialmente para negociar Bitcoins.

A BitConf acontecerá no Hotel Brasília Imperial, no Setor Hoteleiro Sul de Brasília, e os ingressos podem ser adquiridos pelo site http://www.bitconf.com.br. Haverá tradução simultânea das palestras em inglês.

Esta quinta edição é organizada também pela CoinPayments.net , conta com o patrocínio Platinum da exchange brasileira Bitcoin to You, com o patrocínio Gold da Decred, SingularDTV, Ripio e Bitcoin.com, patrocinadores Silver CryptoHWallet, Cryptonation, MarteXcoin, Rei do Coin, OriginalMy e patrocinadores Bronze CriptomoedasFacil.com , Kamoney, Guilherme vendedor P2P, HashBrasil e Mister Money.

GestãoClick Gestão Empresarial


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here