O segredo para obter sucesso é aprender a lidar com o fracasso. Sucesso e fracasso são dois opostos que se complementam para caracterizar as pessoas, os fatos ocorridos e os negócios. A mutação é inevitável em todos os sentidos da vida, inclusive na carreira.

Toda situação, mais cedo ou mais tarde, é seguida pelo seu oposto. A experiência de “Pausa”, por exemplo, é complementada por “Avanço”, enquanto “Reunião” tem como paralelo “Separação”, do “Problema” surge “Solução”, da “Confusão” aparece “Aprendizado”, e finalmente do “Fracasso” nasce o termo “Sucesso”.

A pessoa fracassada faz menos que deve na vida, utiliza uma pequena parcela do seu potencial, não entra em ação para atingir os objetivos almejados, deixa-se dominar por reclamações e desculpas e espera muitas vezes que alguém realize os seus sonhos. Já a pessoa de sucesso sonha e entra em ação, assume a responsabilidade pelos seus resultados e ao invés de dar desculpas, cria soluções estratégicas.

Uma companhia fadada ao fracasso não inova, acomoda-se com o seu posicionamento atual de mercado, não investe em pesquisas e muito menos em programas de Treinamento & Desenvolvimento. Já uma companhia de sucesso está sempre criando tendências e valorizando cada vez mais o seu Capital Humano.

Vendedores fracassados são aqueles que se preocupam apenas em tirar o pedido e em ganhar a comissão. Enquanto os vendedores de sucesso se posicionam como visionários que entendem a necessidade do cliente, exploram oportunidades até então não exploradas e mantêm o foco no futuro e na possibilidade de uma relação de parceria com o cliente a longo prazo.

O fracasso está presente nas melhores famílias e nas melhores empresas. Fique atento com o que ocorre com as pessoas, as empresas, os produtos e consigo mesmo. Facilmente você perceberá o fracasso no ar. Da mesma maneira, você poderá também perceber o sucesso. Reflita se você percebe mais o sucesso ou o fracasso. Aquilo que você percebe ao redor é o que está mais próximo de você e influenciará direta ou indiretamente a sua carreira. Atenção!

O fracasso é a falta de sucesso. Não se preocupe em como você enxerga a sua carreira hoje, o importante é encarar a realidade e compreender que o ser humano tem sucesso em algumas coisas e fracasso em outras. O sucesso está no equilíbrio e no aprendizado constante.

É fácil caracterizar os indivíduos como fracassados ou vencedores. No entanto, a primeira coisa a fazer é olhar para si mesmo e entender como você é, o que você faz e o que você tem na sua carreira para então se caracterizar um sucesso ou um fracasso em determinado instante.

Acredito que não existe pessoa fracassada ou vencedora. Existe um ser humano que em algum momento está na zona do fracasso ou na zona do sucesso. Aprenda a utilizar os fatos ocorridos, os exemplos e as condições para fazer a sua escolha a partir de agora.

Os taoístas acreditavam que tudo está em movimento, nada é permanente e, a certa altura, tudo se transforma no seu oposto – o dia se torna noite, o verão se torna inverno, a velhice sucede a juventude, o fracasso segue-se ao sucesso. Sempre que um estado de coisas atinge o auge, outro estado de coisas oposto já está tomando forma para substituí-lo.

Qualquer indivíduo entra nesse ciclo incontáveis vezes na vida, inclusive na carreira. Muitos produtos atingiram o seu auge e depois entraram na decadência desaparecendo do mercado. Um exemplo clássico é o da máquina de escrever que desapareceu para o surgimento do computador.

Caso você esteja em um momento de pleno sucesso na carreira, pergunte-se sempre – O que posso fazer para manter o que tenho?

Caso você esteja em um momento de fracasso, responda agora para si mesmo – O que posso aprender com isso? O que preciso fazer nesse exato momento para entrar em um novo ciclo? Especialmente no ciclo do sucesso.

Bom trabalho!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorA TAM e o Relacionamento com Clientes
Próximo artigoA Voz do Dono
Carlos Cruz
Carlos Cruz é fundador e diretor do Instituto Brasileiro de Vendas (IBVendas), primeira instituição no país a dedicar-se à formação de profissionais de vendas e que preenche a lacuna deixada pela inexistência de universidades destinadas exclusivamente à carreira de vendedor. O especialista possui formação específica em Gestão de Planejamento Financeiro, Administração de Empresas, MBA em Gestão Empresarial pela FIA, formação em Dinâmica dos Grupos pela SBDG (Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos), certificação internacional em Coaching pelo ICI - Integrated Coach Institute e pela Lambent do Brasil, sendo membro da International Coaching Community. É Master Practitioner em Programação Neurolinguística e estudou a Hipnose aplicada na Comunicação Corporativa com Sttephen Paul Adler do Instituto Milton Erickson de New York. Participou do Executive Development Programs com foco em Liderança e Mudança na Business School São Paulo for International Management e do Grupo Dirigido de Psicodinâmica Aplicada a Negócios.
  • Uma grande preocupação que temos na 5clicks é o trabalho em equipe. Vejo muitas reflexões pessoais e individuais e gostaria de ouvir mais sobre como um grupo se ajuda.

    Exemplos como: “O que posso fazer para ajudar meu colega de trabalho a me ajudar?” Entende?

    Muitas cobranças são feitas, mas o que você está fazendo para ajudar as pessoas a ajudar você?

    Vivencio muitas situações assim, no dia a dia de nossa agência.
    Muita cobrança mas pouca reflexão sobre o verdadeiro sentido do trabalho em equipe.

    As vezes os individuais pensam que estão fora do alcance da mudança do comportamente de seus colegas, mas se esquecem que fazem parte do todo, que sua habilidade de reclamar poderia se transformar na responsabilidade de ajudar.

    Ótimo texto.
    Agradeço pela contribuição que tenho recebido aqui, com textos inspiradores como este.

    Abraços,
    Saulo Medeiros
    Liderança e Negócios
    5clicks.com.br