Pouco importa se a sua empresa está no mercado a muitos anos ou se você é um empresário que acabou de abrir as portas, o fato é um só: ou você realiza um planejamento estratégico de qualidade, ou sua empresa não vai longe.

Pode ser que essa afirmação pareça até um exagero, mas a experiência e os números do SEBRAE estão aí para quem quiser ver e comprovar que essa é uma dura realidade do mercado. Só sobrevive quem se prepara.

Um planejamento bem feito vai exigir uma análise da situação econômica atual e dos principais desafios enfrentados no seu segmento específico.

Um planejamento estratégico é importante por diversas razões. Para começar, um planejamento bem feito vai exigir uma análise da situação econômica atual e dos principais desafios enfrentados no seu segmento específico.

Ora, identificar tendências e possíveis contratempos é justamente o tipo de preocupação inicial que vai poupar a sua empresa de muitos desgastes, além de garantir que ela não perderá as oportunidades que aparecerem para se projetar no mercado.

Além disso, um bom planejamento partirá igualmente de um balanço interno das contas da empresa. Para isso, avalie:

  • Qual o capital da empresa?
  • A quantas andam as vendas?
  • Qual o peso da sua folha de pagamentos no orçamento mensal da empresa?

O momento de realizar o planejamento é termômetro do status atual da sua empresa, permitindo que você tenha em dados concretos na hora de estabelecer metas e projeções para o futuro da sua empresa.

Afinal, gerenciar é muito mais do que apenas bater ponto na empresa. É ter uma visão de onde a sua empresa deve chegar, e não medir tempo, trabalho e esforços na hora de estabelecer e cumprir as metas que tornarão essa visão possível.

Pronto para planejar?

A seguir você confere 3 dicas essenciais para garantir que o seu planejamento estratégico para 2018 será um sucesso!

Leia Também:  Integração Contábil: O Que É e Por Que Ela É Tão Importante Para Sua Empresa

1. Não Siga Seu Planejamento Cegamente

Não, você não leu errado. Um planejamento estratégico deve ser elaborado a partir de muita análise, e deve estabelecer os trilhos que guiarão a sua empresa pelo próximo período – mas isso não significa que ele deva ser seguido a todo custo, sem maiores reflexões.

Pelo contrário, o seu planejamento deve igualmente contemplar ferramentas e estratégias que permitam analisar o seu andamento e os resultados obtidos ao longo do percurso. A partir daí, você, gestor, deve adequar o seu planejamento à realidade e aos desafios da sua empresa naquele momento específico.

Insistir em seguir o planejamento inicial, mesmo quando as situações que serviram de base à sua elaboração já não se aplicam, é colocar em perigo a estabilidade da sua empresa.

2. Conheça Sua Empresa, dos Pés à Cabeça

O seu planejamento não será bom se não partir de dados concretos da sua empresa. Por isso, conheça bem a empresa que você gerencia:

Avalie no Seu Planejamento

  • Quem é o seu público alvo?
  • Quais as previsões de consumo para esse setor específico, para o ano de 2018?
  • Como anda a motivação da sua equipe?
  • Quais os principais desafios enfrentados pela sua empresa no ano de 2017?
  • Quais os desafios esperados pela sua empresa para 2018?

Lembre-se de contemplar em seu planejamento o todo do seu negócio: clientes, funcionários, finanças da empresa, variações de mercado, etc. Uma boa dica para quem não está familiarizado com um planejamento estratégico mais amplo é dedicar algum tempo à realização de uma análise SWOT.

A análise SWOT é bastante simples (escrevemos um artigo muito bacana sobre análise SWOT aqui), e consiste em botar no papel quais são as principais forças e fraquezas da empresa no momento atual, identificando igualmente quais são as principais oportunidades e as ameaças que existem para o seu negócio. A sigla SWOT vem do inglês, justamente para ilustrar esses quatro eixos:

Leia Também:  8 Passos Essenciais Para Criar Um Plano de Negócios

S – Strengths (Forças)

W – Weaknesses (Fraquezas)

O – Opportunities (Oportunidades)

T – Threats (Ameaças)

3. Invista em Melhorias do Processo Gerencial Como Um Todo

Outra dica importante é investir em melhorias e otimização do seu processo gerencial, de forma a ter rapidamente em mãos os números e informações necessários à um bom planejamento estratégico. Como? Utilizando um software ERP online.

Um software ERP vai permitir otimizar os processos diários da sua empresa, facilitando igualmente a obtenção de dados relevantes para a sua gestão através da funcionalidade de geração de relatórios. De posse desses relatórios, gerados a partir de dados concretos e atualizados em tempo real, o seu processo de planejamento e de tomada de decisões se torna muito mais ágil e assertivo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here