O Google é a primeira fonte de tráfego de referência (referral traffic) para os mais importantes sites de notícias nos Estados Unidos. O gigante das buscas fornece aproximadamente 30% de todo tráfego para estes sites. Bom, então você já deve estar formulando em sua cabeça a pergunta: e o número dois?

Ah, só pode ser o Facebook! O Twitter?

Não! Todos nós erramos feio.

O site número dois é o The Drudge Report. O dono dele, Matt Drudge, encaminha nada mais nada menos do que 7% do tráfego para os maiores jornais americanos. Acha pouco? O Facebook encaminha apenas 3,3%. A parcela do Matt equivale a mais de 12 milhões de usuários únicos por mês.

Eu sei que a maioria dos brasileiros não conhece este site, mas acho que vale a pena falar dele aqui, como um estudo de caso. Para explicar esse fenômeno temos que fazer um adendo e abrir uma exceção na história sobre a “Revolução das Mídias Sociais”. Sim, porque este site é completamente fora dos padrões atuais de “design” e web 2.0 que vemos todos os dias. Eu diria que o site é até meio “estranho” para não dizer outra palavra mais pejorativa.

O Drudge Report tem 14 anos – nasceu em 1997 – possui uma única página onde se aglomeram uma lista de links escolhidos a dedo, com excelentes manchetes. Ele recebe todo mês, entre 12 a 14 milhões de visitantes únicos, onde a maioria dos visitantes que chegam já clicam para ir aos outros sites, mas acabam voltando para buscar mais informação.

Assim como outros empreendedores de sucesso na Internet, Matt Drudge descobriu como a web era diferente das outras mídias, e que neste caso, era de “milhões de links de distância”. E ele tirou vantagem disso como ninguém.

E agora, 14 anos depois, ele é de longe o homem mais importante da web, conforme as análises de encaminhamento de tráfego (referral traffic), aqueles sites que mais levam visitantes para o seu site. E se hoje fatores como “links para seu site” e “participação dos usuários” são considerados uma forma de influência, é até justo dizer que Matt Drudge é também um dos homens mais influentes do mundo.

Qual o segredo para esse sucesso?

Eu ousaria dizer que “o segredo” está na junção de três fatores:

  1. Pioneirismo;
  2. Simplicidade (Keep It Simple);
  3. Network.

E vocês o que acham? Visitem o site de Matt Drudge e dêem sua opinião nos comentários abaixo. Porque sites tão diferentes dos padrões atuais continuam fazendo sucesso na web? Acho que vale a pena analisarmos.

Inspirado por: Business Insider
Imagem: autor desconhecido