Depois de 4.560 programas, a rainha da televisão americana disse adeus à uma enlouquecida legião de fãs esta semana. Seus últimos momentos na televisão foram marcados por aparições surpresa de uma multidão de celebridades, incluindo Tom Hanks, Jamie Foxx, Maria Shriver e muitos outros artistas.

Os níveis de audiência praticamente explodiram em seu último episódio, que gerou mais de 18 milhões de telespectadores. Poucas personalidades receberam homenagens como essa em sua saída, o que nos faz pensar: como construir uma marca como a de Oprah Winfrey?

Aqui vão algumas dicas rápidas para você aprender com o sucesso internacional de Oprah:

1. Dê Retorno aos Seus Fãs

Como qualquer grande marca (a até muito mais do que isso), Oprah Winfrey fez seus fãs se sentirem valorizados. Na sessão “Oprah Favorite Things” (Os Favoritos da Oprah), Winfrey já deu de tudo – de câmeras fotográficas e croissants à carros. Essa é uma boa lição para as empresas, de que apenas uma boa surpresa, inesperada para os seus clientes, podem significar o caminho para a fidelização.

2. Assumir Riscos e Obter Atenção, Um dos Segredos de Oprah Winfrey

Em 1988, Oprah Winfrey convidou um grupo de neo-nazistas da Califórnia para vir à Chicago e aparecer em seu programa. Embora Oprah tenha posteriormente lamentado a decisão controversa, a manobra a colocou no centro das atenções e mostrou à seus telespectadores que ela não tem medo de correr riscos.

3. Explore Novos Setores

Oprah Winfrey começou sua carreira em 1983 em um programa de TV matinal de meia hora e de baixa audiência em Chicago. Desde então, Oprah tem aumentado e diversificado seus negócios em novos setores de mídia, incluindo uma revista com o mesmo nome de seu programa de TV a “The Oprah Magazine” (que foi lançada em 2000), sua própria rede de televisão (OWN, fundada em 2011), e até aplicativos mobile, tanto para sua revista como para o programa de TV.

4. Revele Sua História Pessoal

Algumas empresas tentam colocar um escudo protetor para esconder o empreendedor de sua marca: Oprah Winfrey não. A apresentadora do talk show fez inúmeras revelações pessoais, principalmente a de que foi abusada sexualmente quando tinha nove anos. Você não precisa compartilhar sua história de vida inteira, mas a mensagem é clara: a transparência entre você e sua empresa oferece um senso de confiança muito grande aos seus clientes.

Oprah Winfrey

5. Traga as Celebridades para o Seu Lado

Além do Oscar, poucos eventos geraram um número tão grande de aparições surpresa de celebridades do que o programa de despedida de Oprah Winfrey. Parte da capacidade de Oprah para gerar apoio de celebridades foi seu estilo bem pessoal de entrevistar as pessoas em seu programa. “Você me deu amor, apoio, sabedoria e, acima de tudo, a verdade”, disse Maria Shriver à Oprah Winfrey durante o episódio de despedida.

6. Torne-se Um Influenciador

A Time Magazine conversou com Craig Garthwaite, professor da Universidade Northwest Kellogg School de Gestão de Marketing e um expert na “boa fé” de Oprah sobre o seu sucesso em marketing. Quer saber até que ponto é a sua influência? “Por exemplo, o romance Anna Karenina vendeu 11.648 unidades nas 12 semanas anteriores à sua inclusão no “Clube de Leitura de Oprah“”, Garthwaite diz. “Nas 12 semanas após a inclusão do romance foram vendidos 643.122 unidades do mesmo livro, um aumento impressionante de 5.421 %”. Deu pra entender seu poder de influência?

7. Saiba Quando Parar

Depois de 25 anos, Oprah finalmente decidiu que era hora de parar seu talk show e de se concentrar em sua rede de televisão, a OWN. A mensagem é clara para os empreendedores: não tenha medo de encerrar no ápice, de passar o bastão e nem de recomeçar tudo do zero novamente, mesmo em outras atividades.

Via: Inc.
Imagens: The Oprah Show