Uma marca forte é um dos ativos mais valiosos que uma empresa possui. Como uma pequena ou média empresa, você pode competir com grandes marcas se você souber buscar o seu diferencial. Para isso, é preciso um processo de construção sólida.

Construir uma marca valorosa não é algo que acontece do dia para a noite. Na verdade, este é um processo que deve trabalhado ao longo do tempo. É importante assinalar que branding é muito mais do que apenas um logotipo legal ou grandes investimentos em marketing.

O planejamento de uma marca abrange inclusive os aspectos relacionados ao registro de marca. Essa é uma questão que muitos empreendedores supõem que deve ser uma preocupação apenas das grandes companhias. Mas, independente se grande ou pequena, toda empresa deve considerar o registro como uma das principais etapas na implementação de sua marca.

Por isso, neste artigo, destaco esta e outras dicas para criar com sucesso uma marca forte para o seu negócio.

1. Conheça o Mercado: Clientes e Concorrentes

Conheça o Mercado - Clientes e Concorrentes

Quando você identifica e define o seu lugar no mercado, você tem uma melhor chance de criar uma marca que se conecte com sua base de clientes e diferencia você de seus concorrentes. Observe qual a lacuna deixada pelos seus concorrentes que você pode preencher e pense no que você tem a oferecer de diferencial como empresa.

É preciso criar sua marca comunicando qual o valor que seu produto ou serviço pode agregar às suas vidas.

2. Seja Específico

Seja Específico

Tenha em mente que você não pode ser tudo para todos. A base para a construção da sua marca é determinar o público-alvo que você estará focado. Saiba exatamente o que você está tentando alcançar e adapte a sua missão e sua mensagem para atender as necessidades específicas de um público.

Para ser específico, faça um exercício básico e descreva comportamentos detalhados e o estilo de vida de seus consumidores. Quem consumirá o seu produto? Mulheres acima de 30 anos sem filhos?

Jovens donas de casa com filhos?

Estudantes que moram sozinhos, que gostam de tecnologia? Empreendedores que gostam de viajar?

Pense em sua marca como um indivíduo que tem crenças, valores e propósitos. A partir disso, crie uma identidade de marca com quais os seus clientes sintam o desejo de se conectar e se relacionar.

Crie uma identidade de marca com quais os seus clientes sintam o desejo de se conectar e se relacionar. #Branding Click To Tweet

3. Tenha um Propósito e Uma Missão

Tenha um Propósito e Uma Missão

Tudo, desde o seu logotipo até o seu slogan, mensagem e personalidade deve refletir essa missão. Será a sua missão, baseada no seu propósito como empreendedor, que reunirá e informará ao seu público os valores de construção da sua marca. Em que você acredita?

Qual a finalidade da sua empresa?

Contribuir para que as pessoas sejam mais felizes ou tornar o dia a dia delas mais dinâmico?

Fazer com que elas reflitam sobre determinadas ações e construam novos hábitos de consumo?

As respostas embasarão o caráter persuasivo da sua marca e o modo como você a posicionará no mercado.

4. Seja Claro Com Os Seus Clientes

Seja Claro Com Os Seus Clientes

Clareza e objetividade ajudarão a reforçar o caráter do seu negócio e esclarecerá qual a proposta da sua oferta para os seus clientes. Seus consumidores ao adquirir seus produtos e serviços devem estar conscientes exatamente do que desejam e o que podem esperar.

Ou seja, se a sua marca saber conversar com seu público, vai gerar confiança e conquistar a fidelidade de seus clientes. Do mesmo modo, é preciso saber ser consistente na sua mensagem para consolidar um bom relacionamento com seu público.

6. Seja Autêntico ao Se Comunicar com o Seu Público

Seja Autêntico ao Se Comunicar com o Seu Público

Não tente de forma alguma imitar a identidade de outra marca que lhe pareça atraente e promissora. Trabalhe duro para criar a identidade da sua marca com criatividade e originalidade.

A tendência aponta que os indivíduos são atraídos por campanhas que destacam a sua individualidade e se alinham as suas expectativas de serem autênticos.

Pense que sua marca deve estar associada com os anseios do seu público de alcançar determinado objetivo. Você tem um conhecimento claro do modo como ela se encaixa nos desejos de seus clientes? Ela oferece qualidade de vida? Status? Segurança?

É essa abordagem de persuasão que deve ser realizada a um nível quase que pessoal. Para isso, existem as mídias sociais para você se conectar de forma consistente com seus stakeholders.

CredMiner

7. Registre a Sua Marca

Registre a Sua Marca

Quando o assunto é registo de marcas, muitas empresas desconhecem a importância deste recurso. Muitos empresários e empreendedores acreditam que o registro é uma proteção utilizada por grandes companhias. Mas muitas pequenas e médias empresas que se dedicaram a criação de um nome e se engajaram para tornar seus produtos e serviços consolidados no mercado já sofreram o impacto de não ter a sua marca registrada.

Quando alguém não pode mais usar a sua marca, porque outra empresa registrou uma marca igual ou similar, as perdas são muito grandes. Perde-se o direito de explorar o próprio nome que se criou, o mercado e a credibilidade conquistada.

Tudo isso pode ser evitado, se antes de abrir a sua empresa, você planejar o registro de sua marca junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual – INPI. Esta é a melhor forma de garantir que a sua marca esteja disponível para ser utilizada de forma exclusiva por você.

Não perca a sua marca! Proteja-se o quanto antes! Registre a sua marca com a e-Marcas. A mais inovadora empresa de registro de marcas e direitos autorais do Brasil.
CLIQUE AQUI PARA REGISTRAR SUA MARCA AGORA!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here