Existe uma tradição nas lides políticas que é melhor dividir para poder governar, pois se evidencia que com a fraqueza de vários grupos aquele que tiver a capacidade de planejar; domina os demais, pois estes outros não conseguem ao menos abordar suas situações como grupos ou comunidades.

Na ótica empresarial isto também acontece em organizações de todos os portes, pois podemos ter a divisão por áreas ou departamentos e até mesmo a separação individual, onde cada setor ou colaborador se torna uma ilha.

O incrível é que os administradores acreditam que a organização vai ter sucesso com essa estratégia, é claro que alguns resultados localizados podem ocorrer, mas nada que seja permanente e que adicione valor para a empresa.

Determinados empresários adotam essa forma de gestão por não se julgarem capazes de enfrentar a solidez de equipes vencedoras e que poderiam se contrapor a sua “força”.

O ditado que afirma “a união faz a força” é extremamente valioso no âmbito organizacional, a ligação dos diversos setores em busca de objetivos comuns só valoriza a empresa e seus resultados. O gestor que pretende transformar a empresa em um arquipélago administrativo, o faz para poder ter influência em seus pares ou mesmo superiores, pois sempre vai comparar as partes entre si sem se preocupar com o todo. Ele se sai bem durante algum tempo, mas pobre da empresa que vai dormir em lençóis dourados e acorda num pesadelo.

Mesmo em empresas familiares esse fato acontece, quando se trazem os sucessores para o âmbito administrativo e se cria a competição entre eles durante a gestão de diferentes áreas do negócio.

O gestor sábio é aquele que propõe a todos a meta de “somar para melhorar”, pois cada equipe se sente apoiada pelas demais e pode atuar de forma determinada em busca de resultados, sem temer que qualquer outra equipe esteja atuando nos bastidores para aproveitar-se desse esforço ou mesmo para depreciá-lo.

Quem pode afirmar que há melhor objetivo para unir a todos do que a satisfação do cliente!

O trabalho unido e dirigido nos leva a ter novas idéias e a propor soluções para as dificuldades, sem a postura inútil de afirmar que o problema é dos outros, pois não existem os outros, o que existe somos nós. Quando nosso foco é o cliente e seu atendimento é resultado do esforço geral, se permite que todos entendam diferenças internas e que cada cliente conta com parte da capacidade de cada setor e que mesmo aqueles que não têm contato com cliente são determinantes nesse atendimento.

Vamos deixar de lado os exemplos malfazejos de nossos políticos e assumir que podemos transformar tudo com o lema “somar para administrar”.

Vale lembrar a afirmação da imperatriz Quanny Akemi:

“Assim como nas batalhas nos organizamos e atuamos de forma coordenada para obtermos a vitória, devemos atuar na vida do nosso reino, pois quem planta nosso alimento é tão importante quanto o general vitorioso.”

Use sua inteligência empresarial, mãos à obra e bons negócios.

SmartBusinessPlan

COMPARTILHE
Artigo anteriorEm Defesa do Fracasso
Próximo artigoComo Investir o Seu Dinheiro
Wilson Tomao
Wilson Tomao foi um dos pioneiros no Brasil, como auditor internacional para os projetos de mudança climática e créditos de carbono conforme o protocolo de Kyoto. Consultor para Consultoria Organizacional Sistêmico-Dinâmica com formação em Coaching Empresarial e Consultoria Organizacional pela Infosyon - Germany. Wilson teve o privilégio de realizar sua formação com os próprios Gunthard Weber e Jacob Stan, os criadores da C.O.S.D.
  • Felipe

    Oi,
    Conheci o site há poucos minutos, mas… já está no meu iGoogle!
    Que site ótimo! Conteúdo de primeira linha!

    Abração!

  • Oi Felipe,

    Obrigado pelo retorno. Isso nos anima a continuar :-)

    Abraços

  • Tudo parece questão de planejamento. Elaborar uma estratégia para governança colaborativa dentro da empresa como príncipio norteador, pois, é muito difícil implantar essa estratégia em planejamento centralizador.

    Abs,

    Pedro Valadares

  • Pingback: O melhor da semana em 10 links (29 de maio) | Alejandro Suárez blog profissional()