Imersos no caos das mudanças e desafios do contexto atual, os líderes muitas vezes se sentem deslocados e podem se equivocar sobre as estratégias de liderança a serem tomadas, os tempos de ação, as escolhas, as decisões e as atitudes.

Mas, será que isso é possível? Será que podem aprender a ser mestres na arte da liderança, conseguir os resultados escolhidos e chegar à solução ideal, sem perder a saúde e a identidade? O encontro da cultura oriental com a ocidental pode ajudar a responder essas questões e formar novas possibilidades de entendimento e ação para os líderes das empresas.

É o caso do Bushido, antigo código de honra e um estilo de vida para os samurais, que fornecia parâmetros para esses guerreiros viver e morrer com honra. Literalmente, Bushido significa “caminho do guerreiro” e nele é possível identificar alguns princípios extremamente eficazes para o “caminho” do dia a dia de trabalho e algumas respostas relacionadas à liderança eficaz.

Honestidade e Justiça

Entre os sete princípios identificados nesse código, temos a Honestidade e Justiça, isto é, seja honesto com os outros e com você mesmo. Não espere a justiça de fora, ela tem que vir primeiramente de você. Busque ser honesto com aquilo que você precisa melhorar em si próprio e tenha claro as suas intenções e valores, assim como objetivos e resultados.

Busque ser honesto com aquilo que você precisa melhorar em si próprio e tenha claro as suas intenções e valores, assim como objetivos e resultados.

Heroísmo e Coragem

Como é tão bem colocado no código de honra dos samurais: esconder-se como uma tartaruga na sua carapaça, não é viver. Esse é o princípio Heróico e Coragem, que tem como visão superar o medo de agir, de tomar decisões e ir além das limitações, que são desafios constantes no contexto empresarial.

A Compaixão

Compaixão não poderia estar de fora desse código do Bushido. A força, o poder interior e o carisma que um samurai adquire no decorrer do seu treinamento e preparação são utilizados para a realização, principalmente do bem comum.

A Sinceridade

A Sinceridade também é valorizada como princípio no código. Quando um samurai exprime uma intenção de ter uma determinada ação, esta ação é, na prática, já realizada. Para o código dos samurais, só existe um juiz em relação à Honra – outro importante princípio: ele mesmo. Isso significa que o comprometimento interno com as próprias decisões e ações é grande.

A Lealdade

O sétimo e último princípio é o dever e lealdade, uma verdadeira lição. O Samurai assume a plena responsabilidade pelas suas ações. Nesse caso, lealdade é considerada também em relação aos seus próprios objetivos, a não abandoná-los na primeira dificuldade.

Conclusão

Seguindo essas reflexões, podemos compreender que a base para a conquista da maestria na liderança se resume na conquista de si mesmo por meio do profundo conhecimento da própria natureza interior. Para ter excelência no externo, precisa ter maestria no interno!

GestãoClick Gestão Empresarial