Você é um contribuinte do INSS e está prestes a se aposentar? O CNIS é um dos fatores imprescindíveis para ter o benefício concedido. Saiba o que é o extrato do CNIS e para que serve, aqui neste artigo e garanta o seu direito à aposentadoria.

CNIS – O que é e para que serve?

O Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) é utilizado como representação da base de dados nacionais no INSS (Instituto Nacional de Seguro Social). Estar em dia com o CNIS garante a concessão de benefícios como a aposentadoria.

Esse cadastro é um banco de dados que permite agregar informações que comprovem a filiação dos contribuintes com a previdência social, incluindo informações como o tempo de serviço, salário de contribuição, vínculos empregatícios, entre outros.

Há também programas como o Pronatec, Bolsa Família e outros, os quais são necessários que o cidadão tenha esse cadastro para o recebimento e participação nesses tipos de programas sociais.

Quando entramos no primeiro emprego com regime CLT, somos cadastrados de forma automática no CNIS, onde são válidos dados como o PIS/PASEP, os quais garantem que os trabalhadores tenham acesso aos direitos de assegurados pela providência e programas trabalhistas, como exemplo, FGTS (Fundo de Garantia), Seguro Desemprego em casos de demissão por parte do empregador, abono salarial, décimo terceiro, etc.

Leia Também:  Como Ficam As Regras do Contrato de Experiência com A Nova Legislação Trabalhista

Com isso, o número de inscrição no PIS se torna a inscrição do cidadão no CNIS, onde serão armazenadas as informações do colaborador em vínculo com empregador.

Para que serve o CNIS?

O CNIS é responsável pelos dados do cidadão, sendo eles relacionados à contribuição individual ou vínculos empregatícios, as quais permitem a verificação de informações com o objetivo de:

  • Evitar possíveis fraudes e desvios dos benefícios concedidos pela previdência e direitos trabalhistas a partir do cruzamento de informação concedidos ao sistema;
  • Atender as pessoas com eficiência, garantindo os seus direitos trabalhistas, além de manter em segurança as informações sobre o seu vínculo empregatício;
  • Trabalhar na redução e simplificação de procedimentos e custos relacionados ao armazenamento de informações;
  • Integrar as informações que são administradas pelas demais instituições do governo relacionadas ao Seguro Social;
  • Coordenar de acordo com a lei as informações dispersas nos sistemas do governo;
  • Ter informações confiáveis de empregadores, para que haja o controle e fiscalização do recolhimento relacionado aos direitos trabalhistas.
Leia Também:  Micro, PEs e MEIs Com Empregados Poderão Ingressar no eSocial à Partir de Novembro

Como conseguir informações sobre seus dados CNIS?

Para obter informações relacionadas aos seus dados no CNIS, você pode realizar a consulta no site da Previdência Social ou de forma presencial em uma Agência da Previdência. Veja como acessar o seu extrato do INSS.

Se acontecer de aparecerem erros na sua consulta, como exemplo, falta de informações, podemos solicitar que as alterações sejam realizadas no INSS, basta apresentar os documentos que comprovem o erro.

O CNIS é um cadastro essencial para garantir não só a aposentadoria, mas os direitos trabalhistas, portanto, consulte o seu e verifique se está tudo em ordem, a fim de evitar futuras dores de cabeça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here