O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais básicas, porém a mais sensível e necessária para uma boa administração financeira da sua empresa.

E, é sempre bom lembrar: uma boa gestão das finanças da sua empresa, vai garantir que ela possua os recursos necessários para continuar a crescer e a se desenvolver.

Por isso, se você está buscando ferramentas que ajudem a sua empresa a alcançar uma melhor gestão financeira, este é o artigo de que você precisava.

A seguir você confere:

  1. O que é um fluxo de caixa e qual a sua importância;
  2. Como organizar o seu fluxo de caixa;
  3. Dicas práticas para melhorar a gestão do fluxo de caixa da sua empresa.

E aí, vamos lá?

Começando pelo começo: o que é e qual a importância de um fluxo de caixa?

Realizar o fluxo de caixa da sua empresa consiste em controlar toda a movimentação de capitais do seu negócio dentro de um determinado período de tempo. Você pode optar em trabalhar com a movimentação do ano, de um semestre, um trimestre ou até de um mês.

Para que a gestão seja eficaz, você precisa identificar os fluxos de entrada e saída de recursos em um determinado período.

Para que esse controle seja eficaz, é necessário que você mantenha na ponta do lápis toda e qualquer movimentação realizada, indiferente da importância movimentada. Assim, a sua gestão será capaz de identificar os principais fluxos de entrada e saída de recursos no período analisado.

Da mesma forma, à partir de um fluxo de caixa bem feito, é possível identificar desvios de recursos e/ou gastos desnecessários que podem estar pesando no orçamento da empresa como um todo. O objetivo é realizar ajustes e melhorias com base nas informações levantadas.

Leia Também:  A Importância da Gestão Financeira para Empreendedores

O fluxo de caixa da sua empresa é uma ferramenta indispensável na hora de elaborar o seu planejamento estratégico. Isso acontece porque a análise do fluxo de caixa lhe permitirá acompanhar o calendário financeiro da empresa, determinando com maior precisão os períodos de alto afluxo de recursos e àqueles com maior geração de despesas.

Essas informações permitirão que a sua gestão determine os melhores períodos para a realização de investimentos em sua empresa, além de serem indicadores necessários sobre o estado real da saúde financeira do seu negócio.

Como Controlar Meu Fluxo de Caixa?

Utilizando Modelos de Planilhas Prontas em Excel

A confiabilidade dos dados utilizados na hora de elaborar o fluxo de caixa da sua empresa é essencial. Por isso, o ideal é que o fluxo de caixa seja atualizado constantemente, para garantir assim que os dados ali compilados representem, de fato, a realidade financeira da empresa.

Uma opção mais simples para realizar esse controle é a adoção de um dos inúmeros modelos de planilhas de gestão financeira disponíveis na web. De uso intuitivo e gratuitas, essas planilhas facilitam a visualização do quadro geral das finanças da sua empresa – desde que corretamente preenchidas, é claro.

Leia Também:  O Que É e Como Calcular O Capital de Giro da Sua Empresa

A grande desvantagem desse modelo de controle de fluxo de caixa é o preenchimento manual dos dados, que fica sempre sujeito a uma maior ocorrência de erros.

Trouxemos uma planilha bem completa para você iniciar o seu controle. Para baixar a planilha de controle de fluxo de caixa, clique no botão abaixo.

CLIQUE AQUI PARA BAIXAR A PLANILHA

Utilizando Um Sistema ERP Online

Outra ferramenta interessante para o gerenciamento do fluxo de caixa da sua empresa são os sistemas ERP. Um software ERP – sigla para Enterprise Resource Planning ou Sistema Integrado de Gestão Empresarial, – é uma plataforma online desenvolvida para o gerenciamento de recursos empresariais e que busca integrar todos os aspectos do seu negócio.

Dessa forma, um software ERP permite registrar em uma mesma plataforma os dados referentes à vendas realizadas, baixas em estoques, compras realizadas junto aos fornecedores, boletos, notas fiscais gerados para os clientes e assim por diante.

Trata-se de uma opção mais moderna e automatizada, que otimiza todo o processo de gestão de recursos, com grandes ganhos, tanto no quesito precisão de dados, quanto no que diz respeito ao tempo de compilação e análise dessas informações.

Como obter o máximo rendimento do seu fluxo de caixa?

Como vimos, um fluxo de caixa bem feito é essencial na hora de realizar projeções e estimativas de custos e receitas, ajudando sua empresa a não gastar mais do que pode e a realizar os investimentos necessários sempre nos melhores momentos.

Pensando em ajudar a sua empresa a otimizar a sua gestão financeira e maximizar o rendimento do seu fluxo de caixa, separamos a seguir 5 dicas práticas para um melhor controle diário do seu fluxo de caixa. Confira:

5 Dicas Práticas Para Administrar Melhor Seu Fluxo de Caixa

Dicas Práticas Para Administrar Seu Fluxo de Caixa
Imagem: Shutterstock

1. Acompanhamento diário

O maior segredo para um fluxo de caixa de qualidade ainda é investir na qualidade dos dados nos quais ele se baseia.

Por isso, nunca é demais lembrar: o fluxo de caixa deve ser acompanhado diariamente e, caso opte por um sistema manual de controle, ele também deve ser alimentado em uma base diária.

O fluxo de caixa deve ser acompanhado diariamente.

Além de garantir a confiabilidade dos dados, a atualização diária ainda permitirá à sua empresa recuperar o histórico de movimentações do mês – servindo de base para o seu planejamento mensal.

2. Atenção às vendas

Venda realizada, venda faturada? Não necessariamente. Na hora de realizar o seu fluxo de caixa vale lembrar de não contabilizar como entrada valores que ainda não tenham sido efetivamente recebidos.

Vendas à receber só deverão ser incluídas quando do efetivo pagamento por parte do cliente.

3. Controle de estoque

O estoque da sua empresa representam um importante capital já investido. Justamente por isso, um bom controle de estoques é parte sine qua non de uma gestão financeira de qualidade. Acompanhe as oscilações de perto, para determinar o melhor momento para novas aquisições.

Acompanhe as oscilações do seu estoque. Um estoque bem administrado se transforma em dinheiro em um curto período de tempo.

4. Faça o planejamento

Um dos maiores benefícios da utilização de um fluxo de caixa é a possibilidade de realizar projeção de custos e entradas a partir dos dados captados.

Leia Também:  Por Que O Controle do Fluxo de Caixa é Determinante Nas Finanças do Negócio

Não deixe de usar esse recurso: um planejamento de médio e longo prazo servirá de baliza para que você acompanhe e ajuste a evolução das finanças da empresa ao longo desse período.

Planeje-se para curto, médio e longo prazo.

Da mesma forma, um planejamento de curto prazo é essencial na hora de definir metas e identificar gastos fora do padrão.

5. Utilize um sistema de gestão

Um sistema especializado na gestão de recursos é um dos seus maiores trunfos na hora de maximizar os rendimentos do seu negócio.

Ao conectar de forma inteligente os diversos departamentos da sua empresa, o ERP online permite controlar com precisão toda a movimentação financeira realizada, assim como quaisquer variações em estoque.

Agilidade na gestão se traduz em lucratividade para a empresa.

Além disso, um ERP online completo conta ainda com a funcionalidade de emissão de relatórios gerenciais: ferramenta que permite uma visão geral e interconectada de todos os dados inseridos no sistema, o tornando o planejamento estratégico muito mais efetivo e o processo de tomada de decisões, muito mais simples e direto. É agilidade que se traduz em lucratividade para a sua empresa.

Conclusão

Como pudemos aprender acima, a gestão do seu fluxo de caixa é fator decisivo no sucesso do seu negócio. Não importa se usará uma planilha ou um software ERP de gestão. O importante é que você sempre mantenha sob controle os ativos de sua empresa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here