O empreendedor deve considerar seu representante e o vendedor de seu fornecedor como parceiros do negócio. Eles podem oferecer preços ou condições diferenciadas para os seus concorrentes e são bons meios de comunicação com o mercado.

Para obter boas condições de compras é preciso negociar permanentemente com os principais fornecedores, ter atenção às oportunidades, agilidade e bons processos de controle, para evitar perdas e compras desnecessárias.

  1. Encare seu representante e o vendedor de seu fornecedor como parceiros do seu negócio. Eles podem oferecer preços ou condições diferenciadas para os seus concorrentes. Além disso, os vendedores das fábricas são bons meios de comunicação com o mercado e podem trazer informações importantes;
  2. Negocie pessoalmente apenas com os fornecedores mais importantes. Delegue as negociações menores a funcionários capacitados e use seu tempo para outras tarefas;
  3. Visite seus principais fornecedores tantas vezes quantas forem necessárias para negociar e obter vantagens e benefícios, parcerias e cooperativismo. Identifique seus fornecedores pelos volumes financeiros, por meio da análise das notas fiscais de compra. E atenção: pode ser que um representante de várias pequenas indústrias seja o seu maior fornecedor;
  4. Esteja atento para as vendas realizadas pelas empresas dias antes de aumentos de preços. Aproveitando essas oportunidades, seus preços de venda ficarão competitivos sem perdas;
  5. Faça os cálculos e, se tiver segurança das vantagens, aproveite as ofertas de fornecedores com descontos ou melhores prazos para quantidades maiores. E não deixe de transferir os benefícios adicionais ao cliente;
  6. Seja dinâmico e rápido nas compras, utilizando a lista de mercadorias em falta (elaborada pelos balconistas);
  7. Controle seu patrimônio. As maiores perdas e roubos ocorrem na entrega das mercadorias. Assim, todas as caixas devem ser abertas e seus conteúdos checados. Também devem ser confrontadas as notas fiscais.

Se sua empresa tiver um comprador, verifique se ele:

  1. Tem tempo suficiente para receber vendedores e representantes, atender telefonemas e às solicitações do pessoal de vendas;
  2. Conhece o ramo e sabe quais são os produtos de combate, as mercadorias sazonais;
  3. Calcula os custos e os preços de venda, se os cálculos são corretos e se são feitas conferências;
  4. Tem algum vínculo com as vendas (o comprador não pode atuar na comercialização);
  5. Tem autonomia e solicita opiniões e pareceres para grandes oportunidades de compra;
  6. Controla os estoques e os consulta para efetuar as compras;
  7. Participa de reuniões com a equipe de vendas;
  8. Trabalha com cotas de compras por departamento ou por loja e tem noção dos estoques mínimos;
  9. É levado pelas emoções quando recebe alguma gentileza dos vendedores e representantes;
  10. Instrui o pessoal do almoxarifado sobre a conferência dos volumes e das unidades conforme os pedidos.