O capital de giro é muito importante para a saúde de toda empresa. É ele que garante a saúde financeira da instituição pois é usado para custear e manter as despesas operacionais.

Pagamento de salário e impostos, custos para manter o estoque, recursos para conceder financiamentos ao cliente, pagamento de fornecedores e todas as contas de um negócio estão relacionadas a este capital, afinal, uma instituição precisa de dinheiro para se manter funcionando.

Um capital tão importante assim precisa ser valorizado e potencializado. Muitos empreendedores optam por aplicar seu capital de giro na poupança, porém esta modalidade de investimento oferece taxas de rentabilidade muito baixas, ficando até abaixo da inflação.

Opções para investir dinheiro não faltam, mas quando o assunto é capital de giro, você precisa se atentar a dois detalhes importantes:

Onde Investir O Capital de Giro?

1. A Segurança do Seu Capital

O primeiro detalhe que muito esquecem é a segurança. Não dá para aplicar o dinheiro responsável pela saúde financeira da sua empresa em qualquer lugar.

2. A Liquidez do Dinheiro de Sua Empresa

O segundo detalhe é a liquidez. A facilidade em que o ativo pode ser convertido em dinheiro.

A importância desse ponto você já deve saber. Seu dinheiro precisa estar aplicado em um investimento onde você tenha facilidade para acessá-lo. Logo, você precisa de uma modalidade que ofereça boa liquidez.

Segurança e liquidez é o que você deve buscar em qualquer investimento para seu capital de giro.

Para te ajudar na tarefa de escolher onde aplicar esse dinheiro, separamos três tipos de investimentos que podem ser interessantes para o seu negócio.

1. CDBs Como Capital de Giro

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB), são títulos de Renda Fixa emitidos por instituições financeiras. Um opção segura para quem quer investir seu capital de giro, afinal os CDBs são assegurados pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Este fundo assegura investimentos de até R$ 250.000 por CPF e por instituição. Isto quer dizer que, mesmo que a instituição onde você aplicou seu dinheiro declare falência, o FGC garante seu capital de volta de acordo com as regras supracitadas.

Leia Também:  7 Ensinamentos Valiosos de Empresas de Sucesso no Mundo

Quanto à liquidez, o investidor pode encontrar CBDs de liquidez diária sem que haja perdas na rentabilidade por efetuar o resgate antes do vencimento. É preciso ficar atento para escolher a opção certa porque existem regras diferentes em cada modalidade de CDB.

2. Tesouro Direto

O Tesouro Direto é um programa de investimentos do Governo Federal onde o investidor pode comprar títulos públicos através da internet. Seu funcionamento é muito parecido com o do CDB. Neste caso, é como se o investidor emprestasse dinheiro ao governo e depois recebesse de volta, o valor acrescido de juros e correção.

A grande vantagem de investir o seu capital de giro em títulos públicos é a liquidez que eles oferecem. O Tesouro implementou a recompra diária, o que significa que você pode vender seus títulos ao Tesouro Nacional todos os dias.

Leia Também:  Controle de Gastos Para Sua Empresa. O Que Você Está Fazendo de Errado?

O investidor pode fazer a solicitação das 18h às 5h do dia seguinte em dias úteis. Nos finais de semana e em feriados é possível vender os títulos em qualquer horário. Em ambos os casos, a venda é realizada utilizando os últimos preços de fechamento de mercado disponíveis.

Dessa forma, você pode deixar seu capital rendendo e fazer a venda dos títulos sempre que precisar de dinheiro no dia seguinte.

3. Ações, Uma Ótima Opção Para Capital de Giro

Ações são partes de uma empresa negociadas na Bolsa de Valores. O investidor que compra ações da Petrobras, por exemplo, se torna acionista da estatal.  Isso conferirá a ele alguns direitos, como participar dos lucros, mesmo que de forma minoritária.

A forma mais comum de ganhar dinheiro com ações consiste em vender os papéis por um preço mais alto do que eles foram comprados. O investidor pode escolher entre investir no longo, no médio, no curto prazo ou no Day Trade.

Operações Day Trade são aquelas que iniciam e terminam no mesmo dia e podem durar apenas alguns minutos. Deste modo, a modalidade pode ser uma boa saída para quem busca mais agilidade. Em condições normais e quando o investidor obtém lucro, o dinheiro será creditado em três dias (D+3).

Leia Também:  O Que É e Como Calcular O Capital de Giro da Sua Empresa

Das modalidades de investimento citadas até aqui, o Mercado de Ações oferece um pouco mais de risco do que as demais. Risco não no sentido de não ser um bom ambiente para aplicar dinheiro, mas por causa de sua maior volatilidade, o investidor despreparado pode sofrer perdas.

Porém, isso não inviabiliza o investimento em ações. Com cautela e uma boa estratégia, o investidor pode conseguir equilibrar seus ganhos e perdas e alcançar rentabilidades muito atraentes, muitas vezes até melhores do que encontraria em títulos de Renda Fixa.

Conclusão

O mercado financeiro oferece inúmeras opções para quem quer investir. Você pode, inclusive, aplicar o capital em mais de uma opção. Esta é uma das principais orientações dadas por especialistas da área, pois a diversificação traz ainda mais segurança e resguarda o investidor.

Escolhas inteligentes poderão contribuir para o melhor desenvolvimento da sua empresa. Investir seu capital de giro pode ser uma boa saída para potencializar o dinheiro e te deixar ainda mais próximo de alcançar seus objetivos na empresa. Para mantê-lo em segurança, o melhor a se fazer é pesquisar bastante as oportunidades mais interessantes para você e seu negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here