Você sabe como montar uma clínica de radiologia? Se não sabe, mas tem o interesse, é hora de aprender. Afinal, essa é uma área em constante crescimento, especialmente pelas suas muitas versões e utilizações. Desse modo, a demanda por exames de radiologia é muito alta e há uma boa chance de receber bastante dinheiro nessa área, especialmente em cidades com poucas opções de clínicas.

Para se ter uma ideia, em 2020 o número de vagas de empregos por técnicos em Radiologia cresceu mais de 1.000%. A justificativa disso é a pandemia do novo coronavírus, já que tirar chapas do pulmão dos infectados é uma das maneiras de conseguir entender o dano causado pelo vírus e medir o tratamento aplicado. Além de poder identificar quem está ou não com a Covid-19.

Quer aprender como montar uma clínica de radiologia? Então siga a leitura abaixo!

Como montar uma clínica de radiologia em 3 passos

1. Verifique os requisitos médicos legais para isso

É importante entender que existem certos requisitos médicos legais para quem quer montar uma clínica de Radiologia. Ou seja: não é permitido simplesmente dar um nome na empresa e começar a funcionar.

Como se trata de uma empresa do ramo da saúde, será necessário um profissional responsável com registro no Conselho Regional de Medicina ou no Conselho Regional de Odontologia, caso a clínica seja especializada em questões odontológicas.

Além disso, será necessário ter todos os comprovantes de que existem técnicos capacitados operando as máquinas e seguindo todos os protocolos de saúde, além de estar de acordo com a autoridade sanitária local (segundo diz a Portaria 453/98 do Ministério da Saúde.

É fato que essa parte do trabalho é “chata”, mas é necessária para poder garantir uma boa qualidade de serviço para os clientes, sem nenhum tipo de fraude ou manipulações.

2. Compre os equipamentos adequados

Depois de ter toda a burocracia específica fora do caminho, o próximo passo é comprar os equipamentos adequados para o trabalho. Para poder ter uma clínica de radiologia, é essencial comprar com a ICRX, que é a maior especialista em equipamentos de radiologia do país.

Além do maquinário necessário para os exames, será preciso também comprar equipamentos básicos para a clínica, como computadores, um sistema de senhas, uma rede interna para os funcionários e outros. Não esqueça de ter uma cozinha ou algo do tipo para fornecer um café da manhã ou lanche aos pacientes, já que eles estarão em jejum de horas para os exames.

3. Encontre um bom espaço

Quando for montar a sua clínica, será essencial encontrar um bom espaço para ela. Afinal, existem certos requisitos para que o seu negócio tenha sucesso.

O primeiro deles é ter espaço o suficiente para poder acomodar um bom fluxo de pacientes diariamente. Lembre-se de que é necessário não deixar todos próximos pois é possível que eles tenham doenças que sejam contagiosas.

Além disso, é importante ter banheiros para todos, uma sala de funcionários e muito mais. Os requisitos de infra-estrutura podem ser muito limitantes, de fato.

Para completar, é essencial estar em uma boa parte da cidade, preferencialmente com transporte público próximo. Assim, você poderá ser a primeira escolha de grande parte das pessoas, por estar mais acessível do que a concorrência.

Pronto! Agora você já viu como montar uma clínica de radiologia e já tem um passo a passo a seguir para poder empreender e realizar o seu sonho. Só lembre-se de que, infelizmente, 50% de todas as empresas nacionais fecham as portas em menos de 5 anos de atividade. Portanto, é essencial cuidar bem da sua administração e sua contabilidade para poder ter sucesso.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe-o com os seus potenciais sócios nessa empreitada!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × cinco =