Talvez você seja uma daquelas pessoas que sempre sonhou em empreender. Ou talvez você esteja pensando em abrir seu primeiro negócio após perder o emprego, ou ainda, por ter encontrado uma grande oportunidade!

Seja qual for o seu caso, decidir por abrir ou não uma empresa pode se tornar um grande desafio para qualquer pessoa. O tempo vai passando e você vai adiando frente a tantas incertezas.

As estatísticas preocupam e mostram altíssimas taxas de mortalidade logo nos primeiros anos de uma empresa, além da burocracia e dos impostos do país que também podem desanimar até mesmo os mais otimistas.

Por outro lado, você tem aquela grande vontade de realizar seus sonhos, tem suas necessidades e responsabilidades financeiras e tem uma visão positiva sobre a grande oportunidade que encontrou.

E agora, como decidir se você deve ou não abrir um negócio próprio? Como saber se empreender é a melhor alternativa para você?

Antes de apresentar a você o modelo de tomada de decisão que tenho utilizado em minha vida e em meus negócios, sinto-me responsável em te dizer que empreender não é para quem quer mais tempo livre ou para quem quer fazer só o que gosta.

Isso acontece pois ao longo do desenvolvimento de uma empresa, você precisará atuar em todas as áreas do negócio, mesmo as mais chatas, pois até você construir uma equipe poderá levar algum tempo. Sobre tempo livre, você rapidamente perceberá que vai precisar trabalhar muito mais do que oito horas por dia, afinal é seu sonho e todo sucesso do negócio dependerá apenas de você no começo.

Mas como decidir se você deve ou não abrir um negócio próprio?

Existem diversos modelos que podem lhe ajudar a tomar uma boa decisão. O que tem funcionado para mim é o que compartilho com você agora.

5 Passos para a Tomada de Decisão Antes de Abrir Sua Empresa

1. Qual o Resultado Esperado

Qual o Resultado Esperado
Imagem Shutterstock

O que eu quero com esta decisão? Ou seja, quais são os resultados que espero ao tomar esta decisão? Por que este resultado é importante? Coloque no papel e enumere todos os resultados que você espera atingir.

2. Que Opções Eu Tenho

Que Opções Eu Tenho
Imagem Shutterstock

Após ter clareza dos resultados que espera atingir ao tomar esta decisão, enumere suas opções, ou seja, suas alternativas. O ideal é que sejam pelo menos três opções, já que se tiver apenas uma, acaba não sendo uma opção, se forem duas, você pode ser ver em meio a um dilema, e se forem três ou mais, melhor para ampliar sua visão e ter mais chances de sucesso.

3. Quais as Consequências

Quais as Consequências
Imagem Shutterstock

Diante do resultado que você espera e das opções que elencou, avalie os prós e os contras de cada uma das alternativas que você tem.

4. Minimize Os Riscos

Minimize Os Riscos
Imagem Shutterstock

Decisões são baseadas em probabilidades. Muitas pessoas travam para decidir, pois esperam encontrar um cenário ideal e perfeito, sem riscos ou onde não hajam chances de problemas ou fracassos.

Entenda que nesta fase, você deve tentar minimizar os contras que elencou e com isso aumentar suas probabilidades de sucesso diante da opção que está em vias de seguir, mas saiba que não existe decisão perfeita, especialmente quando se trata de empreendedorismo.

5. Decida-se e Acredite em Si Mesmo

Acredite em Si Mesmo
Imagem Shutterstock

Você sabe o resultado que espera ao tomar a decisão e principalmente, o porquê. Você dedicou tempo para pensar e listar as opções que tem. Você analisou as consequências que cada uma das opções lhe trará e inclusive pensou em como minimizar os impactos da decisão que tomou, sabendo que não há decisão perfeita.

Chegou a hora de se decidir e a partir deste momento, não voltar nos passos anteriores, pois se assim o fizer, poderá lhe gerar um estresse desnecessário. Decida-se e acredite! Após decidir-se, invista um tempo para visualizar em sua mente, antecipadamente, o sucesso que pretende atingir. Comemore, sinta e se coloque de fato naquela cena de sucesso. Feito isso, é hora de agir! Faça seus contatos, agende as tarefas e mantenha-se focado em seus objetivos.

Após decidir-se é muito importante criar algumas métricas para que você saiba realmente, se estará ou não alcançando o sucesso que almejou. Especificamente, como você saberá se está atingindo o resultado esperado? Quanto está bom? Quando é o ideal? Em qual momento mudar a estratégia? Crie suas métricas e se possível, reavalie-as a cada três meses.

Após seguir estes cinco passos para tomar sua decisão, e tenha decidido abrir seu negócio próprio, quero compartilhar com você três fatores que acredito serem fundamentais para o sucesso de qualquer empresa. Vamos a eles!

1. Liderança Para Fazer Mais e Melhor

A fome de vitória dos sócios, sua mentalidade e vontade de fazer mais e melhor continuamente, apesar de situações adversas. Tudo começa e termina na liderança e na visão clara que o líder tem sobre o futuro da companhia e o que ele transmite para sua equipe. Quando o líder perde isso, a empresa começa a definhar.

2. Humildade Para Aprender Sempre

Humildade e vontade de aprender e melhorar sempre. Quando o empresário acha que já está bom, ou que já sabe tudo, ou que já atingiu tudo que poderia, a empresa para no tempo.

3. Marketing e Inovação

Segundo Peter Drucker, uma empresa tem basicamente 2 funções: “marketing e inovação”. Portanto, quando uma empresa para de inovar e não consegue acompanhar o ritmo das mudanças do mercado, começa a ficar para trás.

Conclusão

Não decidir já é uma decisão e normalmente a pior delas. Portanto, seja qual for sua decisão, o mais importante é que ela esteja alinhada com seus objetivos e com seu propósito de vida! Decida-se e mãos à obra!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here