Veja quais são os 5 pontos mais importantes na hora de considerar abrir uma loja virtual ou não!

Vender pela internet através de uma plataforma de e-commerce é um dos meios mais lucrativos e em plena expansão atualmente, considerando que há mais de 930 mil lojas virtuais presentes no Brasil.

Esse dado é apresentado em um estudo da BigData Corp juntamente com a Paypal, revelando que o mercado de comércio eletrônico cresce cerca de 40% ao ano, ou seja, uma ótima oportunidade de trabalho.

Por isso, saber como montar uma loja virtual pode ser a sua chance de ouro de ter o seu próprio negócio ou até mesmo de dobrar o seu faturamento, no caso das empresas que já possuem loja física.

Como temos certeza disso? Simplesmente por que o e-commerce brasileiro gera milhões de reais anualmente, sendo que desse percentual 53% são de lojas virtuais que já possuem uma loja física.

Mas, se você ainda está com dúvidas sobre se é um bom investimento montar um e-commerce ou qual o momento mais favorável para isso, fique tranquilo, pois nesse material esclareceremos todas essas questões!

Confira a seguir 5 pontos a considerar sobre a viabilidade de vender pela internet, ou seja, os principais questionamentos a se fazer antes de ingressar no mundo do comércio eletrônico.

1. VOCÊ TEM DEMANDA DE MERCADO PARA VENDER NA INTERNET?

Você Tem Demanda De Mercado Para Vender Na InternetPara os empreendedores que já possuem um comércio físico consolidado no mercado é importante pensar sobre a demanda na internet antes de abrir um e-commerce.

Por que digo isso? Basicamente devido ao fato de que dependendo dos produtos que você oferece, o investimento com um loja virtual não valha a pena.

Isso dependerá muito do seu público-alvo e da sua área de atuação e por isso é essencial fazer uma boa pesquisa de mercado antes de decidir montar um e-commerce próprio ou não.

Além disso, é de suma importância considerar que dependendo do nível da sua empresa, você precisará de um bom investimento de tempo e dinheiro até começar a ter lucro em sua loja virtual, tendo paciência para ganhar visibilidade no comércio digital.

Por isso, se você tem uma loja física de pequeno porte, reconsidere o momento de abrir o seu negócio vendendo pela internet, especialmente se o seu nicho de mercado não for tão promissor financeiramente.

2. VOCÊ TEM CAPITAL PARA INVESTIR EM UMA LOJA VIRTUAL?

Você Tem Capital Para Investir Em Uma Loja Virtual

Como mencionado acima, o início de um e-commerce no Brasil demanda de um bom planejamento, mas além disso, de um investimento financeiro considerável.

Por mais que as lojas virtuais necessitem de um menor investimento inicial quando comparado à uma loja física, ainda haverá gastos.

É preciso pensar nos custos relativos ao aumento de seu estoque, marketing digital, construção da sua identidade visual online, parceria com uma transportadora, assistente virtual, entre muitas outras coisas.

E o capital de giro não pára por aí, uma vez que é preciso ter dinheiro para segurar o negócio por seis meses, no mínimo, para garantir a sua permanência no mercado de vendas pela internet.

Além do mais, de nada adiantará montar um e-commerce se todo o seu investimento disponível suprir apenas uma parte dos seus gastos, tendo grandes chances de falir antes mesmo de começar.

Sendo assim, você deve fazer um balanço do seu dinheiro, avaliando se realmente há a possibilidade de um investimento desse nível e se conseguirá arcar com os futuros custos durante um período de adaptação.

3. VOCÊ TEM FORNECEDORES PARCEIROS CONFIÁVEIS PARA VENDER NA INTERNET?

Você Tem Fornecedores Confiáveis

No comércio digital a reputação de uma marca é absolutamente TUDO. Por isso, manter a qualidade é essencial.

Nesse sentido, como o fluxo de produtos nas lojas virtuais saem rapidamente, é preciso contar com bons fornecedores.

Esse é um dos pontos cruciais para o sucesso do seu e-commerce, visto que seus fornecedores serão seus principais parceiros comerciais.

Portanto, a solução ideal é firmar parcerias com fornecedores para lojas virtuais que tenham qualidade nos produtos, cumpram com os prazos de produção e principalmente que tenham preços acessíveis.

Leia Também:  Como Escolher Fornecedores na China. 6 Segredos Que Não Te Contaram

Para melhorar ainda mais a sua escolha nessa busca implacável, é importante avaliar alguns critérios, como:

  • Localização do fornecedor (avaliando a distância até você);
  • Boas referências no mercado;
  • Capacidade de fornecimento dos produtos;
  • Formas de pagamento e entrega;
  • Custos com a entrega.

Isso tudo irá influenciar diretamente no seu preço de revenda, visto que quanto mais caro for o produto e a entrega com seu fornecedor, maior será a diferença repassada ao seu cliente.

E o sucesso de um e-commerce está associado basicamente aos preços mais atrativos, ou seja, se seus produtos forem caros, provavelmente perderá espaço para a concorrência. Pense nisso!

4. VOCÊ TEM UMA LOGÍSTICA EFICIENTE PARA SEU EC-COMMERCE?

Você Tem Logística Eficiente

Se tem uma coisa que o consumidor online não perdoa é atraso na entrega e sendo assim é preciso ter um sistema muito bem organizado de logística.

Mas, aí fica a pergunta no ar:

“Você tem parceria com uma boa empresa de logística? Conseguirá atender a demanda de vendas pela internet?”

Isso deve ser muito bem pensado antes de migrar da loja física para a virtual, pois caso contrário, além de fadar seu e-commerce ao fracasso, poderá trazer uma experiência negativa à loja física.

Leia Também:  Os Desafios E As Oportunidades Para Alavancar O e-Commerce Nas Datas Especiais

Considerando o prazo de entrega do seu fornecedor, será possível entregar na data combinada com o cliente? Se sim, é viável os custos com deslocamento para cidades ou até mesmo estados mais distantes do local do seu estoque?

Por isso, você deve pensar em otimizar a sua logística, onde sempre que possível:

  • Defina um valor X de frete para regiões mais distantes. Quando seu cliente for da sua região, pense em não cobrar, afim de ter um diferencial no mercado;
  • Procure firmar parcerias com comércios físicos próximos a você para facilitar a entrega ao seu cliente;
  • Conheça e contrate a melhor solução logística para seu negócio, seja ela o aluguel de um galpão ou a contratação direta de uma transportadora;
  • Mantenha seu orçamento atualizado, garantindo que sempre terá o fornecedor e distribuir com menor preço e maior agilidade de entrega.

Esses detalhes ajudarão você a ter uma logística de entrega mais pontual e econômica, o que com certeza é um grande atrativo aos consumidores.

5. VOCÊ SABERÁ FAZER UM BOM MARKETING DIGITAL PARA A SUA LOJA ONLINE?

Marketing Digital Para A Sua Loja Online

Outra característica muito importante de ser considerada para abrir um e-commerce e começar a vender pela internet é quanto às estratégias de marketing.

No comércio eletrônico é praticamente essencial que se tenha um bom planejamento de marketing digital, visto que somente assim seu negócio ganhará visibilidade no mercado.

Por essa razão, é preciso que você pense no investimento de marketing, considerando isso a longo prazo.

Os dados estatísticos apontam que uma loja virtual só começa a realmente gerar lucros após 12 meses no mercado e até lá será preciso investir em propaganda diariamente.

Seja na construção da sua identidade visual, em anúncios pagos, postagens em redes sociais, campanhas de e-mail marketing, enfim, toda essa publicidade deve ser pesada na balança para ver se realmente valerá à pena.

Por isso, saiba que as ações de marketing digital são as responsáveis pelo crescimento do seu e-commerce e se não for possível investir nisso, seus resultados não serão tão produtivos.

Conclusão

Portanto, analise esses 5 fatores e pense se é a hora certa de abrir o seu e-commerce e vender pela internet ou se é melhor esperar um pouco mais e continuar apenas com a sua loja física.

Mas, tenha certeza que com um bom planejamento desses pontos você poderá montar uma loja virtual de sucesso, sem medo de fracassar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here