A expansão do mercado de luxo no Brasil, aliado ao avanço de negócios baseados em economia compartilhada, cria novas possibilidades de consumo e amplia o espectro de atuação do setor para diferentes classes socioeconômicas.

Sabendo identificar as novas necessidades do público e mirando novos nichos, criou-se o @cansei_vendi, brechó on-line de artigos de alto padrão, protagonista em meio a esse cenário. Conectando usuários com peças paradas no guarda-roupa àqueles que desejam adquirir produtos de marcas renomadas por valores mais acessíveis – podendo economizar até 90% em comparação a itens novos –, a startup fechará 2018 com um crescimento de 300%.

Após um recuo de 8,5% nas vendas no ano passado, o setor de luxo projeta um tímido crescimento de 2,5% em 2018 – e de 10% até 2022 –, de acordo com um levantamento da Euromonitor.

“As boas ideias e a resiliência são o primeiro passo para uma trajetória de sucesso em um mercado engessado a um jogo tradicional e um cenário de instabilidade. O que fizemos com o ‘cansei’, por exemplo, foi criar um novo fluxo de negócios, mais inclusivo, sustentável e seguro em relação à concorrência”, afirma Leilane Sabatini, fundadora e CEO do brechó.

@cansei_vendi oferece peças de marcas renomadas de segunda mão por valores, em média, 45% inferiores e com garantia de autenticidade por meio de curadoria interna, realizada pela própria equipe da startup, e externa, por meio da parceria com a Real Authentication, empresa americana especializada na autenticação de artigos de luxo.

Leia Também:  Os Brechós Online Estão Revolucionando o Mercado de Roupas Usadas

A plataforma oferece aproximadamente 2,5 mil itens seminovos de mais de 130 marcas internacionais de alta-costura, com seu estado de conservação avaliado de 1 a 5 e imagens em alta resolução dos produtos para que o usuário saiba exatamente o que está consumindo.

Outro fator que contribui para o sucesso da marca é o crescimento em iguais proporções do acervo. “Somente em outubro, recebemos 200 itens novos para anunciar na plataforma. Esse aumento de volume cria uma experiência de consumo mais robusta, em que o usuário tem mais chances de encontrar aquilo que busca”, explica Sabatini. Os produtos disponíveis são majoritariamente de vestuário feminino (95%), mas também é possível encontrar masculino (5%) e artigos de home & decor.

Com ticket médio de R$ 2,3 mil, o @cansei_vendi conta com cerca de 35 mil visitas mensais e, além de consolidar sua atuação por todo o Brasil, a marca pretende chegar aos mercados argentino e colombiano até o final de 2019.

Sobre o @cansei_vendi

Brechó on-line com foco em artigos de luxo de segunda mão com peças de mais de 130 marcas de alta-costura e um acervo que ultrapassa os 2,5 mil itens. Com preços até 90% inferiores aos das lojas, os produtos passam por um rigoroso controle de autenticidade interno, bem como pela curadoria da Real Authentication, empresa americana especializada na autenticação de artigos de luxo. Criado em 2013 pela empreendedora Leilane Sabatini, o @cansei_vendi também conta com a atuação das sócias Luana Piovani, Carol Leonhardt e Ana Carolina Darde. Para conhecer, acesse: www.canseivendi.com.br.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here