Se você é proprietário de uma empresa com uma estratégia sólida de marketing e com o preço no ponto para tornar o produto atraente e rentável, é possível que você esteja se perguntando: qual o próximo passo? Se sua empresa é baseada na web, ou seja, um e-Commerce, o principal e próximo passo é permitir que seus clientes localizem e comprem seus produtos da maneira mais fácil e intuitiva possível.

Alguns sites não são construídos para reforçar tais conversões e acabam extremamente prejudicados, desde a má concepção para carrinhos de compras até a baixa qualidade de provedores de pagamento para os clientes. E isso é um problema sério, pois um website com uma construção cheia de pequenas falhas pode ser a queda de uma empresa.

Veja a seguir, 10 ações para implementar em seu e-Commerce, que podem aumentar sua taxa de conversão e fornecer valor para o cliente em forma de conveniência e velocidade.

1. Aposte nos botões de CTA (call-to-action)

A sigla CTA significa nada mais que uma “chamada à ação” para o cliente, ou seja, um botão ou banner que irá atrair seus clientes a clicarem e comprarem seus produtos.

Um exemplo bastante conhecido é aquele botão “Compre com 1 Clique”, patenteado pela Amazon. Isso gerou bilhões de dólares em receita adicional para a empresa ao longo dos anos após sua implementação. Esse CTA envia um forte sinal para os clientes de que eles podem comprar apenas quando estiverem prontos e o processo todo será muito simples.

Este é o significado de uma “chamada à ação” (CTA). É importante saber que CTAs nem sempre têm que vir no momento da compra. Você também pode usá-los para incentivar a assinatura de newsletters, com uma popup no seu site, por exemplo.

2. Use cores que sejam favoráveis ao consumidor

Use cores que sejam favoráveis ao consumidor
Shutterstock

Cores desempenham um papel significativo na psicologia humana e até 85% dos consumidores citam as cores como uma razão superior para a compra de um produto.

Sites de alta conversão contêm fotos detalhadas do produto com cores realistas. Além disso, são capazes de usar com efetividade a cor no design do site para incentivar o comportamento de compra.

3. Automatização de e-mails

As campanhas de e-mail de marketing podem elevar as taxas de conversão orgânicas. Certifique-se de que suas mensagens de e-mail estão precisamente orientadas para o seu público-alvo.

A automatização de e-mail vai desde sugestões de produtos e novidades como por exemplo, quando um cliente abandona seu carrinho de compras e por alguns dias, recebe em seu e-mail, descontos adicionais caso retorne dentro de um determinado período de tempo.

Leia Também:  E-commerce: Fintech Traz Economia Para Pagamentos Com Boletos

4. Teste seu e-Commerce frequentemente

Cada detalhe que o cliente encontrará na experiência de navegar pela sua loja precisa ser testado diversas vezes antes de ser implementado.

Caso tenha um grande update, tente obter feedback da sua equipe ou usuários conhecidos que estejam dispostos a testar os aspectos que serão encontrados pelo público na hora de comprar.

5. Sem complexidade no uso de dispositivos móveis

Sem complexidade no uso de dispositivos móveis
Shutterstock

A nova geração de consumidores é grande usuária de dispositivos móveis, onde tudo é feito por aplicativos ou websites com versão para smartphones e tablets. É necessário levar em consideração que quase a metade de todo o tráfego em sites agora é gerado a partir de um dispositivo móvel.

Por isso, otimize seu website. Se seus clientes são incapazes de comprar o seu produto no seus smartphones tão facilmente quanto em seus laptops, eles inevitavelmente vão olhar para outras opções.

Se os seus clientes não podem comprar seus produtos em seus smartphones, eles irão procurar outra opção. Click To Tweet

6. Serviço ao cliente

O relacionamento com o cliente não termina após o checkout da compra. Você pode utilizar a página pós-compra como um destino para promover a lealdade com o cliente e incentivar futuras compras. Esse espaço pode ser utilizado para oferecer sua newsletter ou deixar um feedback da experiência.

Além disso, é possível compartilhar links e direcionar os visitantes para o serviço ao cliente ou oferecer mais informações relacionadas ao produto. Existem muitas possibilidades e todas devem ser levadas em consideração.

7. O carrinho de compras abandonado no e-Commerce

O carrinho de compras abandonado no e-Commerce
Shutterstock

Quem nunca deixou um produto num carrinho, simplesmente porque estava checando suas compras ou porque ainda estava em processo de decisão? Se isso já aconteceu conosco um dia, aposte que irá acontecer com seus clientes em sua loja virtual. No e-Commerce, as pessoas tendem a abandonar carrinhos não somente por esquecimento, mas por dúvida, para calcular o valor do frete, para comparar preços, para receber notícias caso o valor do produto tenha baixado e até para só voltar a comprar quando tiver condições.

Por isso, tente fazer o possível para que o seu cliente crie uma conta antes mesmo de efetivar a compra. Assim, você terá todas as informações necessárias para mandar e-mails automatizados lembrando-o do produto abandonado, além de mostrar a ele que será bem mais fácil de comprar futuramente.

8. Garanta um pagamento seguro

Garanta um pagamento seguro
Shutterstock

O pagamento pela internet é sempre um tópico importante. O maior medo que todos nós temos é que o site seja hackeado e alguém roube seus dados financeiros. Por isso, proporcione e garanta um website com sistema de pagamento criptografado e totalmente seguro.

Leia Também:  E-commerce: Fintech Traz Economia Para Pagamentos Com Boletos

Dê opções para o cliente. Faça um investimento em procedimentos seguros de checkout, coloque os logotipos dos seus parceiros de pagamento e de segurança do website. Tudo isso para garantir aos clientes que você está preocupado e leva as informações pessoais muito a sério.

9. Páginas específicas para ofertas

Depois de ter feito o trabalho duro e alcançado o sucesso de fazer seus clientes clicarem no seu anúncio ou e-mail promocional, certifique-se de direcioná-los para uma página que irá facilitar sua compra e ir direto para o que foi anunciado. Se não quiser criar uma nova página, deixe isso em destaque na sua página de entrada. Você ficaria surpreso com a quantidade de conversões e redirecionamentos para a home page após o envio de um e-mail com a página especial de ofertas.

Pode parecer um detalhe pequeno na grande arena de compras, mas não há razão nenhuma para colocar obstáculos no caminho dos clientes que já tenham tomado a decisão de verificar as suas últimas ofertas.

10. Layout e Infraestrutura

Layout e Infraestrutura
Shutterstock

E finalmente, em um sentido mais amplo, um site bem-sucedido deve ser ágil, fácil de navegar e livre de qualquer elemento que possa confundir o cliente. Os novos visitantes devem ser capazes de chegar ao seu site pela primeira vez, navegar intuitivamente por várias seções e colocar o produto no carrinho de compras em questão de segundos. E acima de tudo, seus clientes nunca devem ter dúvida de onde clicar para comprar.

A contratação de um hosting confiável, com uma infraestrutura de hardware adequada é primordial e isso fará toda a diferença na estabilidade e velocidade de sua loja. Opte por plataformas em Cloud, onde o crescimento de sua infraestrutura estará diretamente atrelada a demanda de seu e-Commerce.

Conclusão

Ajustando cada um desses itens é possível no mínimo, aumentar as vendas de seu e-Commerce e consequentemente ter um ticket médio mais alto. Esta é a grande ciência por trás daqueles sites de alta conversão. Se quiser complementar a leitura, neste artigo ensinamos 13 Maneiras de Vender Seu Negócio na Internet. Agora que você já sabe o que fazer, não perca tempo. Mãos à obra e boas vendas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here