Eu não gosto de cometer erros, mas eu erro como todo mundo, e erro muito. Já perdi dinheiro, já perdi amigos, já perdi empresas, já perdi de tudo. A boa notícia é que não existe nada na vida como errar para ensinar as verdadeiras lições que temos que aprender.

Depois de tantos erros eu aprendi algumas coisas.

1. Compartilhe as dúvidas antes de tomar uma decisão

Certo dia a mulher do Rabi pegou o coitado chorando aos prantos no canto da sala. “Rabi, por que chora Rabi?”, “Ah, mulher, eu tenho que pagar Josué amanhã de manhã, mas não tenho dinheiro para pagar.”, lamentou Rabi, “Como eu vou pagar Josué, como eu vou pagar Josué?”, a sábia mulher respondeu, “Rabi, liga para Josué e diga a ele que você não vai pagar. Quando você fizer isso, o problema não será mais seu, e sim dele. Ele é que ficará preocupado com o dinheiro”.

As maiores “%$%$^#” que fiz na vida foram consequências de decisões tomadas sozinho. Eu simplesmente não consultei ninguém, não escutei ninguém, não pedi a opinião de ninguém, quebrei a cara. Quis decidir tudo sozinho e dancei.

É por isso que nos últimos anos, vira e mexe, eu falo sobre mentores, mentores e mentores. Encontre o seu, compartilhe suas dúvidas, livre-se delas!

2. Perfeição não existe

Por conta do mundo exigente em que vivemos às vezes metemos na nossa cabeça que devemos fazer as coisas de maneira perfeita. Esquece, é perda de tempo, dinheiro, saúde e clientes. O importante é colocar o carro na rua, e aprimorar versão após versão.

“Comece Pequeno, Pense Grande e Cresça Rápido”, essa virou a minha filosofia de vida desde que quebrei a cara querendo começar grande sem ter nada. O importante é melhorar sempre, ganhar receita, aprendizado e velocidade versão após versão.

Quer começar um supermercado? Desencana da loja física, prateleiras, checkouts, centenas de skus. Não interessa se o concorrente já está estabelecido oferecendo preços baixos e variedade de produtos e formas de pagamento. Comece vendendo pelo telefone, entregue mais rápido do que ele, conheça os clientes e a comunidade melhor do que ele.

Concentre-se em ser o melhor em algo que o seu concorrente estabelecido não consegue fazer. Cresça a partir daí.

3. Não repita os erros que cometeu

Essa questão é difícil, muito difícil. Os erros que cometemos são consequências de péssimos hábitos que temos. Mudar um hábito é um parto, uma tarefa praticamente impossível. A solução? Dê carta branca para alguém que você admira te dar porrada toda vez que você repetir os seus erros. Deixa o cara te colocar no pelourinho, dar um tapa na sua cara, descer a lenha, dizer a verdade. Tentar mudar sozinho um hábito ruim que você tem é algo quase utópico.

Imagem: Mark Seymour

Super Conteúdo!

Assine o Super Empreendedores e receba em seu e-mail,
artigos e dicas inspiradoras
que ajudarão você a alavancar
os seus negócios.

Fique tranquilo! O Super Empreendedores NÃO envia SPAM!
  • http://felipevolpatto.blogspot.com Felipe Volpatto

    Ótimo artigo, Ricardo!

  • http://www.vaidesconto.com.br Eder Cardillo

    Isto é totalmente verídico, todos nós somos muito cabeça-dura para admitir que vai dar errado antes de acontecer.
    Ai quando acontece aprendemos a lição

  • Adolfo Daniel

    Muito bom o seu artigo, parabéns. Por causa dele tive que conhecer o seu site.